O Retrato

de Nikolai Gógol 

Bertrand.pt - O Retrato
Opinião dos livreiros
(1)
Editor: Assírio & Alvim
Edição: abril de 2003
9,99€
7,99€
Notifiquem-me quando disponível

Gógol começou a trabalhar em O Retrato em 1831, ao mesmo tempo que escrevia a Avenida Névski. A primeira redacção foi terminada, o mais tardar, em meados de 1834, tendo provocado a crítica severa de, por exemplo, Vissarion Belínski. No início dos anos quarenta, ou seja, quando Gógol já terminara a primeira parte de Almas Mortas e se preparava para criar a segunda, a primeira versão de O Retrato é refeita e publicada, em 1842, na revista Sovreménnik.

Críticas de imprensa
Talvez este seja o mais romântico dos seus contos, tendo como tema o pacto de um pobre e desgraçado pintor com o demónio do sucesso, que de insignificante passa a bem sucedido, cortejado pela fútil sociedade da época, numa encenação do eterno conflito entre a arte e a vida (...) Gógol no seu melhor.
in, Expresso, 04.10.03

Excertos
«[…] Este O Retrato é o mais romântico dos “contos de Petersburgo”, quanto mais não seja pelo tema central — o pacto com o demónio. É também uma profunda reflexão sobre a vida e a arte (a arte imitação da natureza ou imitação de Deus?), prefigurando o grande dilema da vida e da obra do próprio Gógol, do seu próprio destino: vamos encontrar em O Retrato o delineamento das grandes contradições que envolveram a criação de Almas Mortas, a grande hesitação e, finalmente, o repúdio da segunda parte deste livro, a queima da obra espúria, etc. É também, evidentemente, um conto sobre a cidade castradora — Petersburgo. Desta vez, é um pintor que se vê privado do seu talento por obra do excesso de realismo e da ambição de glória e riqueza que nele desperta a cidade…Tal como nos outros “contos de Petersburgo”, com Gógol quase acreditamos que o mal não é russo e que Petersburgo não é Rússia: aqui, entre os pobres cinzentões de Kolomna (bairro periférico a oeste de Petersburgo), o Diabo é ardente, agiota e estrangeiro…»
Do tradutor, Filipe Guerra

  • Um conto fantástico
    Mónica Salvado - Livraria Vasco da Gama | 11-05-2019

    Pequeno conto de Gogol, com alguns pontos em comum com o "Retrato de Dorian Gray". Gostei de "Dorian Gray", mas consegui gostar ainda mais de "O Retrato" de Gogol. Vale a pena conhecer a obra deste escritor nascido na Ucrânia, mas considerado um dos principais escritores Russos, e a sua escrita surrealista.

Da mesma coleção

Cinza, Agulha, Lápis e Fosforozitos
10%
portes grátis
9,99€ 8,99€
Assírio & Alvim
Foi Ele?
10%
portes grátis
8,85€ 7,97€
Assírio & Alvim
O Retrato
ISBN:
978-972-37-0835-6
Ano de edição:
04-2003
Editor:
Assírio & Alvim
Idioma:
Português
Dimensões:
115 x 185 x 6 mm
Encadernação:
Capa mole
Páginas:
96
Tipo de Produto:
Livro
Coleção:
Gato Maltês
Classificação Temática:

Quem comprou também comprou

O Monstro e Outros Contos
20%
portes grátis
5,00€ 4,00€
Antígona
Contos de Saki
20%
portes grátis
12,12€ 9,70€
Relógio D'Água
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.