Bertrand.pt - O Rato Solteiro

O Rato Solteiro

de Paco Liván 

Editor: OQO PT
Edição ou reimpressão: junho de 2007
13,50€
Esgotado ou não disponível.

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para Educação Pré-Escolar, destinado a leitura em voz alta.

O rato solteiro era lenhador. Um dia, uma rapariga convida-o para almoçar e desafia-o para uma corrida: «Se me agarrares, caso contigo». Quando está quase a agarrá-la, a rapariga atira-se ao rio e o rato vai atrás dela. No fundo do rio, um mundo maravilhoso esconde a Rainha das Águas e uma, duas, três... quem sabe quantas mais princesas formosas, todas iguais! Como irá o pretendente reconhecer a sua prometida?

Tanto na tradição oral europeia como na africana, um motivo que aparece com muita frequência é a ajuda dos animais no superar de provas ou no desempenho de tarefas exigidas por reis ou superiores. Os animais (pássaros, formigas, vespas...) comportam-se de uma forma serviçal, recompensando a bondade dos protagonistas. Neste caso uma abelha, agradecida pela comida, ajudará o Rato Solteiro a reconhecer a rapariga. Esta prova estabelece um interessante paralelo com um conto popular espanhol recolhido por José María Guelbenzu. Neste caso será uma mosca que ajuda um cozinheiro a reconhecer a princesa, entre vinte e uma irmãs.
Também é comum neste esquema a figura do impostor que pretende, escondendo a sua verdadeira identidade, o reconhecimento como herói ou alcançar o mesmo êxito que ele.
Aqui temos um coelho que pretende o mesmo destino que o Rato Solteiro; mas o "burlão" não será capaz de conseguir a gratidão da abelha e, ainda que a sua astúcia o livre de um castigo fatal, a ambição e o engano levam-no a um desenlace que se prende com a tradição africana dos contos que pretendem explicar a origem das coisas, traços de comportamento e a relação entre os animais... Porque é que o focinho do coelho está sempre a tremelicar?
Igualmente, a presença de um mundo paralelo debaixo das águas põe em evidência, num plano comparativo, o reflexo das crenças de muitos povos. Apesar deste carácter híbrido e tradicional, e sem falsear esta perspectiva, Rato Solteiro apresenta uma revisão actual do texto e uma mistura de humor e realismo que aproxima a narração do mundo contemporâneo.

A nível plástico, no conto representam-se dois mundos, o terrestre e o aquático, em dois cenários distintos, unidos entre si. No mundo submarino, Marta Torrão reflecte um ambiente fantástico, recriando um imaginário mágico, enquanto que no terrestre a realidade surge de uma forma mais convencional. Esta ambivalência acontece também ao nível da gama cromática escolhida.

O Rato Solteiro
ISBN: 9788496573741 Ano de edição ou reimpressão: Editor: OQO PT Idioma: Português Dimensões: 155 x 220 x 16 mm Encadernação: Capa dura Páginas: 48 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Plano Nacional de Leitura  >  Pré-escolar  >  Leitura em voz alta

Sugestões

Trincas - O Monstro dos Livros
40%
portes grátis
40% Cartão Leitor Bertrand
14,90€
Poupe 5,96€
Porto Editora
Adivinha Quanto Eu Gosto de Ti
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,90€
Editorial Caminho
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.