Bertrand.pt - Logística na Saúde

Logística na Saúde

(3ª Edição)

de Tânia Ramos e José Crespo de Carvalho 

Editor: Edições Sílabo
Edição ou reimpressão: abril de 2016
Portes
Grátis
10%
24,90€
Poupe 2,49€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Envio até 30 dias
portes grátis

Este livro é uma obra de logística simples, construída com linguagem directa e acessível, direcionada a todos os profissionais de saúde e afins, médicos, farmacêuticos, enfermeiros, técnicos especializados, que trabalham na área da saúde. É um livro para não especialistas nas áreas da logística, gestão logística e gestão da cadeia de abastecimento mas que a estes poderá servir, tendo sido concebido a pensar no leitor não profissional de logística, ou melhor, no profissional de saúde que se debate com problemas logísticos no dia-a-dia da sua atividade em unidades de saúde. Os exemplos, no texto, sucedem-se para ajudar o leitor a percorrer a sua realidade, o seu mundo, através dos olhos dos profissionais de logística.
Sintetizando a experiência dos autores quer a nível profissional, quer a nível de ensino na área da logística, o livro apresenta uma estrutura clássica, teórico-prática, iniciando a exposição das matérias pela exploração dos conceitos de logística, gestão logística e gestão da cadeia logística e terminando em aplicações, modelos e auxiliares de gestão práticos que permitam decisões que beneficiem quer os utentes, quer os profissionais de saúde quer, ainda, as organizações. O texto está estruturado em seis capítulos, todos eles permitindo leitura (quase) autónoma. Isto faz com que um profissional de saúde que precise ler sobre determinado tema não se veja forçado a ler todos os outros. No Capítulo 1 enquadra-se o leitor no contexto de um conjunto de problemas/questões que o levam a identificar-se com o seu mundo para, posteriormente, ser levado a «viajar» por ele através dos olhos dos profissionais de logística. É neste capítulo que se exploram os conceitos de logística, de gestão logística e de gestão da cadeia de abastecimento (ou cadeia logística), que se apresentam os fundamentos do pensamento logístico, as suas características, a avaliação dos sistemas empresariais por seu intermédio, os resultados que se podem obter e, bem assim, a sua abrangência. Neste capítulo o leitor aperceber-se-á da criticidade da logística para as unidades de saúde. No Capítulo 2 são apresentados alguns dos grandes temas da logística quando esta se desenvolve no âmbito dos prestadores de cuidados de saúde. Explora-se, assim, a aplicação da logística ao contexto dos pacientes, doentes, utentes ou clientes, na entrada, permanência e saída dos serviços de urgência e na entrada, permanência e saída dos vários tipos de consultas/atendimentos clínicos, seja em cuidados de saúde primários, seja em cuidados hospitalares. Posteriormente, e ainda no Capítulo 2, explora-se a aplicação da logística à gestão dos materiais e dos fornecimentos e serviços externos. Abordam-se as questões do abastecimento às unidades de saúde, as questões da negociação, da contratualização com fornecedores e da gestão desses contratos, da armazenagem, do layout e da arrumação, da gestão dos stocks, do picking (aviamento), da distribuição interna aos vários serviços clínicos. Questões relativas aos modelos de gestão e à responsabilização dos recursos humanos, aos ciclos prescrição-administração clínica, à internalização ou externalização de operações, à centralização ou descentralização das mesmas, às pessoas, processos e infraestruturas, ao risco/resiliência, bem como ao planeamento global do sistema logístico, são também abordadas neste Capítulo 2. No Capítulo 3 faz-se um périplo por alguns dos instrumentos de gestão empregues em aproximações logísticas na área da saúde, em particular os diagramas de blocos, os fluxogramas, os organogramas e funcionogramas, as listas de avaliação (checklists), as cartas de controlo, as árvores causa-efeito, a análise modal de falhas (FMEA - failure mode and effect analysis), a cadeia de valor e o mapeamento da cadeia de valor, as aproximações 5 S e kaizen, as aproximações six sigma, ciclos P-D-C-A e ciclos de vida dos processos, as análises SWOT e as técnicas de brainstorming. No Capítulo 4 os autores descem ainda mais ao terreno, desenvolvendo a temática da gestão de stocks no contexto dos prestadores de cuidados de saúde, quer em unidades hospitalares, quer em unidades de prestação de cuidados de saúde primários. Neste capítulo introduzem-se ainda noções simples de métodos de previsão de consumos, fundamentais para a gestão de stocks, e desenvolvem-se as políticas de gestão de stocks e os modelos mais importantes para os gerir, terminando com formas de avaliação à gestão desses mesmos stocks. No Capítulo 5 os autores continuam a exploração dos instrumentos decisionais que se tornam sustentáculo ao desenvolvimento de boas práticas logísticas e dedicam-se à temática da gestão das filas de espera. Mais uma vez estão contempladas as realidades quer de cuidados de saúde primá- rios quer hospitalares. A importância das chegadas e dos atendimentos em todo o tipo de situações, de urgências a consultas médicas, são tratados neste capítulo por recurso à exploração dos sistemas de filas de espera. No Capítulo 6, o final, continuam-se a explorar instrumentos de utilidade prática e analisam-se as melhores aproximações à construção de layouts em infraestruturas de prestação de cuidados de saúde. Numa primeira parte do capítulo os autores dedicam-se a problemas de layout de infraestruturas de prestação de cuidados de saúde, i.e., instalações alocáveis a profissionais de saúde, a utentes e a ambos. Numa segunda parte os autores dedicam-se aos problemas de layout de unidades de armazenagem. O presente livro, sublinha-se o que se referiu inicialmente, foi construído a pensar no leitor não profissional de logística, ou melhor, no profissional de saúde que se debate com problemas logísticos no dia-a-dia da sua atividade em unidades de saúde. Os exemplos, no texto, sucedem-se para ajudar o leitor a percorrer a sua realidade, o seu mundo, através dos olhos dos profissionais de logística.

«Uma publicação de referência na área de logística aplicada aos Serviços de Saúde. Escrito de uma forma clara, recheado de exemplos práticos, muito simples e facilmente entendíveis por qualquer leitor, passa em revista um conjunto variado de temas, como a logística e a cadeia de abastecimento, as metodologias e os instrumentos mais frequentemente utilizados na gestão destas áreas, a gestão de stocks e a distribuição em ambiente hospitalar, a gestão das filas de espera e o layout dos hospitais.
Da sua leitura, sobressai, no essencial, a ideia de que na logística hospitalar, desde o Aprovisionamento ao serviço ao cliente, devemos adotar metodologias e procedimentos racionais, baseados na informação, no conhecimento e na aplicação de técnicas já conhecidas provenientes da industria. Reforça-se, assim, a ideia de que um Hospital é uma empresa, em muitos domínios idêntica a outro tipo de empresas e em que as dimensões da efetividade e da eficiência são também fundamentais.
Esta publicação contribuirá, concerteza, para termos dos Serviços de Saúde e da sua gestão, uma visão mais técnica e científica, pouco compatível com os modelos burocráticos e voluntaristas que ainda dominam o espírito de muitos profissionais de Saúde. De leitura obrigatória!»

Manuel Delgado

Logística na Saúde
(3ª Edição)
ISBN: 9789726188445 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Edições Sílabo Idioma: Português Dimensões: 170 x 239 x 16 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 322 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Gestão  >  Gestão e Organização
Livros  >  Livros em Português  >  Medicina  >  Medicina Geral

Sugestões

Sistemas de Planeamento e Controlo de Gestão
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,50€
Edições Sílabo
Liderança para Mulheres
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,60€
Gestão Plus
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.