Bertrand.pt - Juros de Demora

Juros de Demora

de Manuel de Freitas 

Editor: Assírio & Alvim
Edição ou reimpressão: fevereiro de 2007
10,00€
Esgotado ou não disponível

TRAVESSA DOS GATOS
à memória de Eugénio de Andrade
Para quê mais versos?
O poema está feito, cabe
inteiro nestas sílabas de pedra
onde gostei tanto de magoar os pés.
Correm ao sol de Fevereiro
— pretos, quase brancos
e malhados — os príncipes
desta terra, os únicos.
Não te atrevas a segui-los, dona morte.

Críticas de imprensa
«Eu não julgo a poesia de Manuel de Freitas como espontânea, por muito que ela queira mostrar-se supostamente como tal[...]. Essa espontaneidade é sempre um artifício retórico em todos os poetas que partem de uma "cultura" para a criação. O que importa, porém, é sentirmos a distância das emoções evocadas, vividas numa recordação em tempo mais tranquilo do que o referido nos poemas. O fervor dos versos acaba por existir postumamente ao instante do paroxismo emocional. Mas é um fervor que "na realidade existe na mente".»
Joaquim Manuel Magalhães, Expresso

Juros de Demora
ISBN: 978-972-37-1182-0 Ano de edição ou reimpressão: 02-2007 Editor: Assírio & Alvim Idioma: Português Dimensões: 114 x 165 x 4 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 32 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Poesia

Quem comprou também comprou

Teoria da Revolução
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
7,90€
Angelus Novus
Revista Relâmpago N.º 34
14,00€
Fundação Luís Miguel Nava
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.