Bertrand.pt - Comentários à Lei n.º 75/2013

Comentários à Lei n.º 75/2013

de Eliana de Almeida Pinto, João Evangelista Fonseca e Alberto Álvaro Garcia 

Editor: Rei dos Livros
Edição ou reimpressão: junho de 2018
Portes
Grátis
10%
45,00€
Poupe 4,50€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

A Lei 75/2013, de 12 de Setembro não revoga por inteiro a Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, e que se traduz no quadro de competências, assim como no regime jurídico de funcionamento dos órgãos dos Municípios e das Freguesias (doravante LAL 1999).

No caso da Assembleia e Junta de Freguesia não são revogados os artigos que referem a sua constituição, composição e primeira reunião. Ao nível da Assembleia de Freguesia mantém- se também os artigos relativos à impossibilidade de eleição, convocação para o ato de instalação dos órgãos, instalação, primeira reunião, participação de membros da junta nas sessões, e parte das competências.

No que concerne à Junta de Freguesia, não são revogados os artigos relacionados com o regime de funções e as funções a tempo inteiro e meio tempo, a repartição do regime de funções, e as substituições.
Ao nível do plenário de cidadãos eleitores, mantém- se a composição do plenário, bem como o artigo referente à remissão. Nos órgãos do Município, verifica- se igualmente a manutenção dos artigos referentes à natureza e constituição, à instalação e primeira reunião, e à alteração da composição do respetivo órgão. Para além destes artigos, na Assembleia municipal, verifica- se a manutenção dos relacionados com as competências da mesa, grupos municipais e participação dos membros da câmara da Assembleia municipal.

Ao nível da Câmara municipal, mantém- se os relacionados com a composição e, vereadores a tempo inteiro e meio tempo. Verifica- se ainda a manutenção de algumas disposições comuns, como é o caso da duração e natureza do mandato, renúncia, suspensão e continuação do mandato, ausência inferior a 30 dias, preenchimento de vagas e formas de votação [alínea d) do n.º 1 do artigo 3.º3.º da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro].

Ao nível das competências dos órgãos autárquicos, adapta ao anterior quadro de competências, legislação complementar, como é o caso da Lei de Bases da Proteção Civil, que passa a ter reflexo nas competências próprias dos Presidentes da Junta de Freguesia e da Câmara municipal (Lei n.º 27/2006, de 3 de julho).

A primeira nota que pretendemos fazer é para sublinhar a dispersão legislativa existente em matéria de organização e funcionamento das autarquias locais. A Lei n.º 5- A/2002, de 1 de novembro alterou a Lei n.º 169/99, de 18 de setembro, além de ter aditado os artigos 10.º- A [a competência da mesa da assembleia da freguesia], 46.º- B [competências da mesa da assembleia municipal], 52.º- A [instalação e funcionamento da assembleia municipal] e artigo 99.º- B [sobre as regiões autónomas], tendo a mesma Lei n.º 169/99, de 18 de setembro sido republicada com todas as alterações decorrentes deste diploma legal.

A Lei 75/2013, de 12 de setembro estatui o regime jurídico das autarquias locais [doravante RJAL], introduzindo relevantes alterações à LAL 1999, mas mantendo, em regime de coexistência, várias disposições legais sobre atribuições e competências dos municípios e das freguesias.

Assim, esquematizamos, em seguida, tais coexistências concretas, nos termos que seguem:

Assembleia de Freguesia:
a) Atribuições da Freguesia - artigo 7.º do RJAL;
b) Competências - artigo 17.º da LAL e artigos 8.º e 9.º do RJAL;
c) Da mesa, do Presidente e dos Secretários - artigos 13.º e 14.º da LAL;
d) Alteração da Composição - artigos 11.º e 79.º da LAL;
e) Composição da Mesa - artigo 10.º da LAL;
f) Composição do Plenário de Cidadãos Eleitores - artigos 21.º e 22.º da LAL;
g) Funcionamento da Assembleia de Freguesia - artigo 10.ç do RJAL;
h) Impossibilidade de eleição da Assembleia de Freguesia - artigo 6.º da LAL;
i) Participação de membros da Junta de Freguesia nas sessões da Assembleia de Freguesia - artigo 12.º da LAL;
j) Primeira reunião de funcionamento da Assembleia de Freguesia - artigo 9.º da LAL;
k) Sessões Ordinárias - artigo 11.º do RJAL;
l) Sessões Extraordinárias - artigo 12.º do RJAL.

Junta de Freguesia:
a) Constituição, Composição e instalação - artigos 23.º/2, 24.º e 9.º da LAL;
b) Competências - artigos 15.º e 16.º do RJAL;
c) Presidente da Junta de Freguesia - artigo 18.º do RJAL;
d) Funcionamento - artigo 19.º do RJAL;
e) Competências delegadas pela Câmara municipal na Junta de Freguesia - artigo 16.º/1, alínea i) e 33.º/1 do RJAL;
f) Convocação de reuniões ordinárias - artigo 21.º do RJAL;
g) Convocação de sessões extraordinárias - artigo 22.º do RJAL;
h) Delegação de competências da Assembleia de Freguesia no Presidente da Junta de Freguesia - artigo 17.º do RJAL;
i) Regime de funções a tempo inteiro e meio tempo - artigos 26.º e 27.º da LAL;
j) Participação de membros da Junta de Freguesia nas sessões da Assembleia de Freguesia - artigo 12.º da LAL;
k) Periodicidade das reuniões ordinárias - artigo 20.º do RJAL;
l) Primeira reunião - artigo 25.º da LAL;
m) Repartição do regime de funções - artigo 28.º da LAL;
n) Substituições - artigo 29.º da LAL.

Assembleia municipal:
a) Atribuições do Município - artigo 23.º do RJAL; Comentários à Lei N.º 75/2013
b) Competências - artigos 24.º, 25.º e 26.º do RJAL;
c) Da Mesa do Presidente e Secretários - artigos 29.º e 30.º do RJAL;
d) Constituição, convocação e instalação - artigos 42.º, 43.º e 44.º da LAL;
e) Alteração da composição - artigos 47.º e 79.º da LAL;
f) Composição da Mesa - artigo 46.º da LAL;
g) Funcionamento - artigo 31.º do RJAL;
h) Participação de Membros da Câmara municipal nas sessões da Assembleia Municipal - artigo 48.º da LAL;
i) Primeira reunião - artigo 45.º da LAL;
j) Sessões ordinárias - artigo 27.º do RJAL;
k) Sessões extraordinárias - artigo 28.º do RJAL.

Câmara municipal:
a) Alteração da composição - artigos 59.º e 79.º da LAL;
b) Constituição, composição e instalação - artigos 56.º, 57.º e 60.º da LAL;
c) Competências - artigos 32.º e 33.º do RJAL;
d) Presidente da Câmara municipal - artigo 35.º do RJAL;
e) Coordenação dos serviços municipais - artigo 37.º do RJAL;
f) Delegação de competências no Presidente da Câmara municipal - artigo 34.º do RJAL;
g) Delegação de competências nos dirigentes - artigo 38.º do RJAL;
h) Distribuição de funções - artigo 36.º do RJAL;
i) Funcionamento - artigo 39.º e 40.º do RJAL;
j) Participação dos membros da Câmara municipal nas sessões da Assembleia municipal - artigo 48.º da LAL;
k) Periodicidade das reuniões ordinárias - artigo 40.º do RJAL;
l) Primeira reunião - artigo 61.º da LAL;
m) Sessões Extraordinárias - artigo 41.º do RJAL;
n) Vereadores a tempo inteiro ou meio tempo - artigo 58.º da LAL.

ANEXO I
(a que se refere o n.º 2 do artigo 1.º)

Comentários à Lei n.º 75/2013
de Eliana de Almeida Pinto, João Evangelista Fonseca e Alberto Álvaro Garcia 
ISBN: 9789898823755 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Rei dos Livros Idioma: Português Dimensões: 168 x 238 x 31 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 624 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Direito  >  Direito Administrativo

Sugestões

Teoria Geral do Direito Administrativo
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
44,90€
Edições Almedina
Direito Disciplinar Público
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
49,90€
Rei dos Livros
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.