Bertrand.pt - Alabardas
Opinião dos leitores
(10)

Alabardas

de José Saramago, Roberto Saviano e Fernando Gómez Aguilera 

Prémio à Cooperação Internacional CajaGranada
Prémio Nobel da Literatura
Prémio Camões
Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores
Prémio The Independent Foreign Fiction
Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores
Editor: Porto Editora
Edição ou reimpressão: setembro de 2014
24H
Portes
Grátis
20%
15,50€
Poupe 3,10€ (20%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio imediato
portes grátis

Aquando do seu falecimento, em 2010, José Saramago deixou escritas trinta páginas daquele que seria o seu próximo romance; trinta páginas onde estava já esboçado o fio argumental, perfilados os dois protagonistas e, sobretudo, colocadas as perguntas que interessavam à sua permanente e comprometida vocação de agitar consciências.

Saramago escreve a história de Artur Paz Semedo, um homem fascinado por peças de artilharia, empregado numa fábrica de armamento, que leva a cabo uma investigação na sua própria empresa, incitado pela ex-mulher, uma mulher com carácter, pacifista e inteligente. A evolução do pensamento do protagonista permite-nos refletir sobre o lado mais sujo da política internacional, um mundo de interesses ocultos que subjaz à maior parte dos conflitos bélicos do século xx.

Dois outros textos - de Fernando Gómez Aguilera e Roberto Saviano - situam e comentam as últimas palavras do Prémio Nobel português, cuja força as ilustrações de um outro Nobel, Günter Grass, sublinham. José Saramago recebeu o Prémio Camões em 1995 e o Prémio Nobel de Literatura em 1998.

Críticas de imprensa
“A prosa de Saramago em Alabardas, alabardas, Espingardas, espingardas não denuncia o estado de fragilidade do escritor, antes uma surpreendente energia criativa”

Expresso

“Umas dezenas de paginas que valem por livros inteiros”

Diário de Notícias

“O acontecimento literário português de 2014”

Correio da Manhã

“Aquilo que ficou deste romance incompleto está, de certa forma, acabado: a ação contada é coerente, as personagens têm nitidez, o tempo narrativo encontra se estruturado, o estilo não evidencia hesitações.”

Jornal de Letras, Artes e Ideias

  • Quiz Bertrand - Passatempo «Alabardas»
    Helena Isabel Bracieira | 24-09-2014

    Alabardas na alma / Cortantes, afiadas, / Nos impedem a calma / Mentiras eram contadas / Como verdades fossem / As visões, enevoadas, / Sem que as entendessem / Saramago nos trouxe / Consciências a despertar / Nas livrarias da sua pátria / Onde a vida nos impede de voar.

  • Passatempo Alabardas
    Daniela Silva | 24-09-2014

    Atenção: a partir de agora recomenda-se cuidado ao entrar na nossa livraria, temem-se os efeitos de dar de caras com grandes Alabardas ao navegar na nossa estante preferida!

  • Passatempo "Alabardas"
    Maria João Alves Ferreira | 24-09-2014

    1. Imediato; 2. artur paz semedo; 3. Quatro. Quando o desenlace da vida / decidiu a Sua hora chegar / mais obra se encontrou impedida / de ser escrita e nos tornar a surpreender e encantar. / Mas pouco antes da Sua ida / trinta páginas escreveu para nos afortunar, / e na Sua partida / Dele se despediram e vieram agora para connosco ficar. / As páginas então escritas ora se fizeram livro, obra muito aguardada e querida / "Alabardas, alabardas, Espingardas, espingardas" a chamar / artur paz semedo e sua esposa de alma cândida / suas histórias de armas revelar. / E do génio, a genialidade da Sua Obra sobrevivida / nos corações, nas memórias do país e do mundo a amar / o Nobel, e a sua personalidade nobre jamais esquecida / na livraria o iremos sempre encontrar, à nossa vida juntar e por ele nos apaixonar. / José Saramago e a Sua Obra para sempre, viva!

  • Passatempo
    Ana Cristina Fontes | 21-09-2014

    Ala para a livraria Bertrand. Saramago espera por nós, seus fiéis leitores, em Alabardas. Para pensar e refletir... sempre.

  • Passatempo
    Alexandra Silva | 19-09-2014

    1. Imediato 2. Artur Paz Semedo 3. Quatro Não é com alabardas Que a guerra acaba As almas cansadas Ligam-se a tomadas Que electrificam a vingança O ódio, cegam a esperança Neste última obra De Saramago ele cobra A verdade, a identidade Das pessoas e não a crueldade Baseada na religião Nesta livraria de predilecção Espero ler para além Da sinopse que me prendeu Sentir e viver o vaivém de emoções que me doeu Num lugar chamado Terra Que às vezes não reconheço Pois os corações são de pedra Vamos limpar a maldade Para que haja novo começo E não apenas a saudade!

  • Passatempo
    Patricia Dias | 18-09-2014

    Alabardas de letras completam o ciclo Saramago mostra-nos o seu melhor Porque ler é aprender e um prazer , seja drama, historial ou uma história de Amor

  • passatempo
    Joaquina Lobito | 18-09-2014

    Não calar, recusar a opressão, dizer ao medo e à violência que não: são estas as alabardas que procuro na livraria da minha eleição!

  • Passatempo Alabardas
    André Silva | 17-09-2014

    1. 1.Imediato 2. Artur Paz Semedo 3. Quatro Esta obra “Alabardas” espero vencer, Se o conseguir vou ler com força e sem parar, E aqui não é para inglês ver, Pois do grande José Saramago nunca me vou cansar! Esta bela obra quero vivenciar, E não me importo de a ler até mais não, Pois belos caminhos vou calcorrear, De manhã até ao serão! Nesta livraria estas obras não devemos perder, Para a nossa saúde literária preservar, E aqui vos prometo que se vencer, Corro de Paredes até Ovar!

  • Passatempo
    Raquel Coelho | 17-09-2014

    Atenção... Não utilizar alabardas na livraria :) Mas ler "Alabardas" vai ser uma delícia!

  • Passatempo Alabardas
    Maria Costa | 17-09-2014

    Os livros são os mais silenciosos e constantes amigos assim como a livraria é a minha confidente literária ...Alabardas o meu livro preferido.

  • ver menos comentários ver mais comentários
Alabardas
ISBN: 978-972-0-04695-6 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Porto Editora Idioma: Português Dimensões: 142 x 210 x 13 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 136 Tipo de Produto: Livro Coleção: Obras de José Saramago Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Sugestões

Quem Nunca Morreu de Amor
10%
portes grátis
16,00€ 14,40€
Lua de Papel
O Ano da Morte de Ricardo Reis
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
17,70€
Porto Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.