Bertrand.pt - A Mão Visível - Mercado e Regulação

A Mão Visível - Mercado e Regulação

(Reimpressão da edição de Julho/2003)

de Vital Moreira e Maria Manuel L. Marques 

Editor: Edições Almedina
Edição ou reimpressão: setembro de 2008
Portes
Grátis
20%
12,12€
Poupe 2,42€ (20%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

1. Escrito a duas mãos, este livro colige as crónicas que desde 2001 vimos publicando no "Diário Económico" até ao presente.
A sua razão de ser mais evidente está expressa na primeira de todas elas: mostrar como a economia de mercado, embora baseada na iniciativa privada e na concorrência, depende primordialmente da regulação pública.
Resta-nos, nesta nota, chamar a atenção para o que pode ser o seu interesse menos visível, mas não menos importante, ou seja, aquele que não diz respeito aos reguladores ou aos regulados, mas sim a todos nós, utentes do mercado, consumidores de bens ou serviços, cidadãos com direitos e obrigações.
Como se garante o fornecimento, a qualidade e a acessibilidade de preço de serviços que são tão fundamentais todos os dias, como a água, a energia, os transportes, a saúde? Deve ser a União Europeia a garanti-lo, o Governo, o município, um regulador independente? Por que razão só existe uma farmácia no meu bairro e não três ou quatro, como acontece com outros estabelecimentos comerciais? Poderei ficar em terra sem apelo nem agravo porque a companhia área se excedeu nas reservas de lugares? A minha factura da revisão do automóvel pode diminuir se a Comissão Europeia incentivar a concorrência no sector? Em que medida é que a liberalização e a privatização do sector público empresarial e dos serviços públicos tradicionais pode preservar o "modelo social europeu", que me permite aceder a certas prestações essenciais nas mesmas condições, quer viva em Lisboa ou em Monção?
Estas crónicas respondem a isso mesmo e falam até de outros aspectos mais secretos do nosso quotidiano. "Amo-te Francisco, Teresa, José, Leopoldo", "Serás a minha princesa, o meu sapo, o meu rei", são SMS que passam às grosas em tantos telemóveis, sustentando uma espécie de comunicação permanente, em contraste com o uso restrito de telecomunicações em monopólio, a que estávamos habituados ainda há tão pouco tempo. É a economia de mercado construída a golpes de regulação. Mas esse diálogo interactivo, que a Internet ampliou, manter-se-á assim por muito tempo, acessível e livre? Que regulação será necessária para garantir essa liberdade, tão incentivadora de inovação, e encontrar os equilíbrios que melhor protegem esse bem comum?
Os textos aqui coligidos têm portanto a ver com o nosso presente, com a nossa capacidade de o entender e de exercer activamente os nossos direitos, mas também com o nosso futuro e a possibilidade que temos de o influenciar. É por isso que gostamos tanto de os escrever, esperando sempre que haja quem goste de os ler.

2. O título do livro - "A mão visível" - é o mesmo da série de crónicas que lhe deu origem, a que acrescentámos como subtítulo a rubrica do primeiro dos textos publicados.
Trata-se obviamente de uma glosa da célebre referência de Adam Smith sobre a força reguladora espontânea da "mão invisível" do mercado. Inicialmente não nos demos conta de que a mesma ideia já tinha ocorrido a outros, nomeadamente Alfred Chandler Jr, autor de um livro com o mesmo título em inglês (The Visible Hand, The Managerial Revolution in Americam Business, 1977), embora com um sentido diferente, centrado sobre o papel dos gestores na condução das empresas no mercado. Por isso entendemos mantê-lo.
Os textos vão reproduzidos por ordem de publicação e tal como foram publicados, apenas com a correcção de lapsos textuais. Em alguns casos repusemos o título originário, nem sempre inteiramente coincidente com o título "editado" pelo jornal.
Um agradecimento especial é devido ao "Diário Económico" pelo espaço que quinzenalmente nos tem proporcionado (e em especial ao Luís de Barros, a nossa interface mais directa com o jornal), bem como à Almedina, que se encarregou desta publicação.

Coimbra, Junho de 2003
Os autores

ÍNDICE

NOTA INTRODUTÓRIA
LISTA DE SIGLAS

ECONOMIA DE MERCADO E REGULAÇÃO - Maria Manuel Leitão Marques & Vital Moreira
E AGORA DAVIS? - Maria Manuel Leitão Marques
A REGULAÇÃO DO GÁS NATURAL - Vital Moreira
NEGÓCIOS COM CONSCIÊNCIA? - Maria Manuel Leitão Marques
ENTIDADES REGULADORAS E INSTITUTOS PÚBLICOS - Vital Moreira
A JUSTIÇA À PROCURA DE UMA NOVA CREDIBILIDADE - Maria Manuel Leitão Marques
AS CONCESSÕES MUNICIPAIS DE DISTRIBUIÇÃO DE ELECTRICIDADE - Vital Moreira
"ANTI-TRUST": UMA NOVA ÉPOCA PERMISSIVA? - Maria Manuel Leitão Marques
VERDADES E MITOS SOBRE A REGULAÇÃO DO AUDIOVISUAL - Vital Moreira
DA "PEDRA DA VERGONHA" À EDUCAÇÃO FINANCEIRA - Maria Manuel Leitão Marques
SERVIÇOS PROFISSIONAIS E CONCORRÊNCIA - Vital Moreira
MICROSOFT: A DECISÃO ADIADA AINDA TERÁ EFEITO ÚTIL? - Maria Manuel Leitão Marques
«SERVIÇOS DE INTERESSE ECONÓMICO GERAL» E MERCADO - Vital Moreira
PROCURAM-SE SOLUÇÕES - Maria Manuel Leitão Marques
OS PREÇOS DOS BENS E SERVIÇOS PÚBLICOS - Vital Moreira
PARTILHAR O RISCO, GARANTIR A SEGURANÇA - Maria Manuel Leitão Marques
A QUESTÃO DA FUNÇÃO PÚBLICA - Vital Moreira
AS BANDEIRAS VOADORAS - Maria Manuel Leitão Marques
LIBERALIZAÇÃO DA ECONOMIA E MERCADO ÚNICO EUROPEU - Vital Moreira
MUNICÍPIO, EM - Maria Manuel Leitão Marques
A NOVA AUTORIDADE REGULADORA DOS SEGUROS - Vital Moreira
SEM DOGMAS NEM PRECONCEITOS - Maria Manuel Leitão Marques
A REFORMA DA ENTIDADE REGULADORA DAS TELECOMUNICAÇÕES - Vital Moreira
MONTI CONTRA MULLER - Maria Manuel Leitão Marques
A COUTADA DAS FARMÁCIAS - Vital Moreira
DO EXCESSO AO DÉFICE DE REGULAÇÃO: AS FARMÁCIAS E A CONSTRUÇÃO CIVIL - Maria Manuel Leitão Marques
UMA LEI-QUADRO DA REGULAÇÃO INDEPENDENTE? - Vital Moreira
UM RECUO NA "TRANSPARÊNCIA"? - Maria Manuel Leitão Marques
UM NOVO FÔLEGO PARA AS «ENTIDADES PÚBLICAS EMPRESARIAIS»? - Vital Moreira
DESCONTOS EM RODA LIVRE? - Maria Manuel Leitão Marques
LAMENTÁVEL RECUO - Vital Moreira
ACESSO E CONCORRÊNCIA NAS TELECOMUNICAÇÕES - Maria Manuel Leitão Marques
A EMPRESARIALIZAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS - Vital Moreira
QUEM PODE O MAIS NÃO PODE O MENOS? - Maria Manuel Leitão Marques
DE NOVO, O "MALTHUSIANISMO" NAS PROFISSÕES LIBERAIS? - Vital Moreira
UMA MOEDA MAIS ÚNICA - Maria Manuel Leitão Marques
O NOVO CÓDIGO DO TRABALHO - Vital Moreira
OVERBOOKING - Maria Manuel Leitão Marques
UM MARCO REGULATÓRIO: A LEI SARBANES-OXLEY - Vital Moreira
O "FUTURO DAS IDEIAS" - Maria Manuel Leitão Marques
AS ENTIDADES DE REGULAÇÃO SECTORIAL - Vital Moreira
UMA NOVA AUTORIDADE PARA A CONCORRÊNCIA - Maria Manuel Leitão Marques
A TENTAÇÃO DA "PRIVATE FINANCE INICIATIVE (PFI)" - Vital Moreira
O EMPRÉSTIMO RESPONSÁVEL - Maria Manuel Leitão Marques
AS AUTORIDADES REGULADORAS E O PARLAMENTO - Vital Moreira
QUARENTA ANOS DEPOIS - Maria Manuel Leitão Marques
OPORTUNIDADE DESPERDIÇADA - Vital Moreira
A RECEITA MÁGICA - Maria Manuel Leitão Marques
EM RISCO DE PERDER O COMBOIO - Vital Moreira
O ANO DA CONCORRÊNCIA - Maria Manuel Leitão Marques
A INDEPENDÊNCIA DA AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA - Vital Moreira
A (IN)SEGURANÇA ALIMENTAR - Maria Manuel Leitão Marques
AGÊNCIAS REGULADORAS INDEPENDENTES EM XEQUE NO BRASIL - Vital Moreira
AS QUOTAS - Maria Manuel Leitão Marques
O CABO ABERTO - Vital Moreira
OS NOTÁRIOS E A CONCORRÊNCIA - Maria Manuel Leitão Marques
A REGULAÇÃO DAS FUNDAÇÕES - Vital Moreira

A Mão Visível - Mercado e Regulação
(Reimpressão da edição de Julho/2003)
ISBN: 9789724019673 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Edições Almedina Idioma: Português Dimensões: 159 x 229 x 14 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 242 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Direito  >  Direito Administrativo

Sugestões

Lições de Direito Processual Administrativo
20%
portes grátis
20% Cartão Leitor Bertrand
23,90€
Petrony Editora
Lei das Finanças Locais
20%
portes grátis
20% Cartão Leitor Bertrand
17,90€
Edições Sílabo
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.