Bertrand.pt - A Fraude de O Código Da Vinci

A Fraude de O Código Da Vinci

de Sandra Miesel e Carl E. Olson 

Editor: Lucerna
Edição ou reimpressão: abril de 2005
24H
Portes
Grátis
10%
16,15€
Poupe 1,62€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio imediato
portes grátis

A Fraude de O Código Da Vinci de Carl Olson e Sandra Miesel assume-se como uma análise crítica do best-seller O Código Da Vinci, de Dan Brown, que alega ter baseado a sua obra em factos verídicos e sólidos conhecimentos académicos.

O que esta obra que agora a Lucerna publica vem saliantar é que essa afirmação de Dan Brown é falsa demonstrando que o autor deste best-seller apresenta dados infundamentados e hipóteses forçadas para apoiar teorias singulares como a de que Jesus e Maria Madalena eram casados e deram origem a uma linhagem sagrada ou que o cristianismo tem conspirado ao longo da história para ocultar essa «verdade».

Segundo Dan Brown, quase tudo o que a maioria dos cristãos e não-cristãos pensam que sabem sobre Jesus faz parte de uma propaganda católica concebida para esconder a verdade ao mundo. Mas à maior parte das afirmações feitas em O Código Da Vinci falta uma fundamentação histórica credível, o que não acontece com o cristianismo.

Olson e Miesel, um autor americano que tem assinado sucessos de vendas como Will Catholics Be «Left Behind»? e uma jornalista especializada em assuntos católicos com um mestrado em História Medieval, provam através da análise detalhada das origens do Novo Testamento, das afirmações dos evangelhos apócrifos e de seitas antigas como o gnosticismo, do papel de Constantino na ascensão do cristianismo primitivo, da Ordem medieval dos Templários, do Santo Graal, das alegadas mensagens «codificadas» nos quadros de Da Vinci e das acusações feitas à Igreja Católica, que afinal muito do que é afirmado n’O CÓDIGO DA VINCI de Dan Brown não passa de um conjunto de falsidades que podem induzir um leitor pouco informado em erro. O facto de ambos os autores terem feito uma investigação histórica exaustiva para a redacção deste livro que desmonta todas estas «inverdades», não significa que a sua leitura seja complexa ou difícil sendo pelo contrário bastante empolgante, aprazível e interessante, o que faz dele uma forma de passar algumas horas de leitura de grande deleite.

Críticas de imprensa

«Seja por esperteza ou por acaso, Brown escreveu um romance que pega numa poderosa mistura de elementos divergentes e molda-os num mito popular e pós-moderno. Brincando com as ideias preconcebidas e com as fraquezas dos seus leitores, Brown insiste em que a história não pode ser conhecida, oferecendo, no entanto, uma história baseada em "factos" e em "investigação". Afirma que a religião é uma bengala, mas escreveu um livro impregnado de uma religiosidade esotérica e sincretista. Insinua que não existe nenhuma verdade, mas apresenta uma gnosis secreta sobre a realidade. Diz que as mulheres precisam de, e merecem, mais atenção, mas só dois dos seus personagens principais são mulheres e uma delas, Maria Madalena, está morta. Canta os louvores da androginia, mas baseia-se na fórmula tradicional segundo a qual um homem charmoso encontra uma mulher atraente num contexto de pressão e se apaixonam um pelo outro. Quer que os leitores pensem por si mesmos, mas baseia-se quase exclusivamente num pequeno acervo de livros carregados de teorias conspirativas, sem fundamento num saber credível. Numa palavra, o romance é uma confusão e a própria confusão que o caracteriza é parte do seu charme, porque quase toda a gente pode encontrar nele algo com que se identifique, seja uma personagem, uma ideia ou uma situação. Como explica Gene Edward Veith, Jr.: "Muitas pessoas acham que esta perda da verdade é libertadora. Se construirmos a nossa própria realidade, então não haverá limites para a liberdade. Nas palavras de um escritor que citava a banda de rock punk Johnny Rotten and the Sex Pistols: ‘Se nada [é] verdade, tudo [é] possível?’" - incluindo O Código Da Vinci e o seu enorme sucesso.»
Cardeal Francis George, Arcebispo de Chicago

«Olson e Miesel escrevem bem, utilizam com leveza a sua erudição e produziram um livro que é muito mais legível, inteligente e valioso do que o romance que ele desmascara.»
The Washington Times

A Fraude de O Código Da Vinci
ISBN: 9789728835095 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Lucerna Idioma: Português Dimensões: 144 x 233 x 18 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 334 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Outras Formas Literárias

Sugestões

Larga quem não te agarra
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
14,90€
Manuscrito Editora
Prometo Falhar Todos os Dias
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
15,50€
Desrotina
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.