Bertrand.pt - A Alienabilidade no Direito Laboral

A Alienabilidade no Direito Laboral

Trabalho no domicílio e teletrabalho

de António Lopes Batalha 

Editor: Edições Universitárias Lusófonas
Edição ou reimpressão: abril de 2008
35,33€
Esgotado ou não disponível.

índice

Prólogo
Apresentação
Introdução

PARTE I - O CRITÉRIO DA ALIENABILIDADE - Um renovado e revalorizado critério definitório das relações jurídico-laborais
1. Introdução
2. Revisão crítica dos conceitos de alienabilidade dentro do sistema de produção capitalista
3. Enquadramento da alienabilidade no mercado: a desconexão jurídica entre o trabalhador e o destinatário final do bem ou serviço, por interposição do empregador
4. Aproximação à noção de alienabilidade no Mercado
5. Fundamentação da alienabilidade no mercado
6. A alienabilidade no mercado: uma tentativa de transposição para o Direito do Trabalho português
7. O erro interpretativo no Direito do Trabalho português: a subordinação jurídica como "único critério definitório" do contrato de trabalho
8. A alienabilidade no mercado: um renovado e revalorizado critério definitório das relações laborais e o novo quadro -histórico e institucional - do trabalho de "serviços", flexível, externalizado, descentralizado e atípico

PARTE II - A ALIENABILIDADE NO TRABALHO NO DOMICILIO
1. Introdução. A origem, evolução e o enquadramento histórico do trabalho no domicílio. A primeira aparição da alienabilidade no mercado
2. A Convenção n.° 177 da OIT e a Recomendação n.° 184 sobre o Trabalho no Domicílio: o trabalhador desconectado com a utilidade patrimonial, mas "co-responsável" nos riscos
3. As definições e o enquadramento jurídico do trabalho no domicílio no Direito laboral português e espanhol
4. A delimitação do trabalho no domicílio e a sua actualidade e utilidade mesmo no actual sistema de produção. A "sem vigilância"
5. O contrato de trabalho no domicílio no Direito laboral português: um trabalho manual por conta alheia e autónomo
6. A importância renovada do artigo 115.° da LCTE: "es trabajo autónomo el que se hace para Ia venta directa dei producto sin intermédio de patrono" ou a alienabilidade no mercado
7. O trabalho no domicílio na jurisprudência
8. Os elementos do contrato de trabalho no domicílio
9. Os elementos específicos do trabalho no domicílio
10. O critério da alienabilidade no mercado: o importante no trabalho "descentralizado" é a obtenção e a realização da "utilidade patrimonial" dos frutos
11. As modalidades do contrato de trabalho no domicílio no Direito laboral português
12. A formação do contrato de trabalho no domicílio
13. O conteúdo do contrato de trabalho no domicílio
14. A suspensão e a cessação do contrato de trabalho no domicílio
15. Uma nova reapreciação e uma nova implantação do trabalho no domicílio resultado do computador e das novas tecnologias

PARTE III - A ALIENABILIDADE NO TELETRABALHO
1. Enquadramento da actual relação básica social e jurídica do processo e do modo de produção: a externalização e a descentralização produtiva (outsourcing empresarial e laboral)
2. A "distância" e as novas tecnologias como um novo modo de produção capitalista. O teletrabalho
3. Aproximação à definição de teletrabalho: o trabalho à distância, a "externalização e descentralização" do posto de trabalho e as novas tecnologias
4. A relação jurídico-laboral do teletrabalho: as alienabilidades nos frutos e no mercado, através das novas tecnologias
5. O teletrabalho por conta alheia e por conta própria: a conexão ou desconexão do teletrabalhador com os frutos e com o mercado
6. As modalidades de teletrabalho segundo os critérios do "lugar" e do "modo de usar" as novas tecnologias. As exclusões
7. O contrato individual de teletrabalho: um contrato de trabalho "por objectivos" ou "por resultados"
8. Os elementos genéricos do contrato de teletrabalho
9. A prestação do contrato de teletrabalho
10. O cumprimento da prestação de teletrabalho
11. Garantias de cumprimento da teleprestação.
12. Os direitos individuais do teletrabalhador, enquanto pessoa, cidadão e trabalhador
13. Os direitos colectivos do teletrabalhador
14. O teletrabalho no Direito laboral português

Bibliografia
Sentenças citadas
Abreviaturas mais utilizadas

A Alienabilidade no Direito Laboral
Trabalho no domicílio e teletrabalho
de António Lopes Batalha 
ISBN: 9789728881375 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Edições Universitárias Lusófonas Idioma: Português Dimensões: 150 x 230 x 20 mm Páginas: 424 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Direito  >  Direito do Trabalho

Sugestões

Código do Trabalho
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,90€
Porto Editora, S.A.
Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
11,00€
Porto Editora, S.A.
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.