Bertrand.pt -

"que os mortos enterrem seus mortos" e outras histórias

de Samuel Rawet 

Editor: Cotovia
Edição ou reimpressão: novembro de 2006
2,00€
Esgotado ou não disponível.


Samuel Rawet nunca foi um homem simples. Viveu entre duas culturas - a judaica e a brasileira -, entre duas carreiras - a de engenheiro e a de escritor. Viveu à margem, tanto na literatura quanto em sua opção sexual. Não é de se espantar, portanto, que sua prosa revele um mundo atormentado, solitário e irónico.
Nos contos aqui reunidos, o leitor se confronta com sentimentos incômodos, como o ódio e o desejo de matar. No entanto, os personagens nunca efetivam o ato, pois mais vale uma palavra ao sangue derramado. À pergunta "Quando a dor é intensa, quando o sofrimento chega ao limite de si mesmo, qual o caminho?", Rawet responde escrevendo. A escrita é sua verdadeira arma: contra as instituições do trabalho e da família, contra a banalidade do cotidiano e o jogo de aparências da sociedade.
Se as exigências sociais controlam o indivíduo, a literatura elabora mecanismos de "descontrolá-lo". Viagens de Ahasverus... é a narrativa de um personagem que não consegue se fixar num corpo, numa terra, nem num tempo. Aqui, a linguagem concisa dos contos dá vazão a uma linguagem exaltada, como se houvesse uma necessidade pungente de exceder os limites do corpo.
Sem destino preciso, Ahasverus condensa a figura do judeu errante e a do malandro carioca que perambula pelas ruas do Rio de Janeiro. Assim como ele, o leitor que se aventurar pelos textos de Rawet logo perceberá que neles nada é certo nem seguro, que todos os caminhos se dissolvem e se refazem, numa prosa tão árdua quanto saborosa.

Críticas de imprensa

"Quem esperar diásporas e encontros culturais depois de ler a badana do livro ficará surpreendido, porque a escrita Rawet mergulha nos abismos mais profundos da própria linguagem, perseguindo questões transversais à Humanidade e encenando-as do ponto de vista de personagens que as vivem num quase latejar que incomoda células e cérebro. Morte, tempo e alteridade são alguns dos temas investigados até ao osso através de uma escrita que não procura respostas e que parece construir-se com base no pressuposto de que as perguntas permitem ir mais longe na indagação contínua da vida do texto."
Sara Figueiredo Costa

"que os mortos enterrem seus mortos" e outras histórias
ISBN: 9789727951789 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Cotovia Idioma: Português Dimensões: 128 x 198 x 9 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 144 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Contos

Sugestões

Homens sem Mulheres
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
18,90€
Casa das Letras
Livro Português das Fábulas
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
19,90€
Temas e Debates
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.