Viagem na Irrealidade Quotidiana - Umberto Eco
Edição/reimpressão:
1994
Páginas:
272
Editor:
Difel
ISBN:
9789722901017
Idioma:
Português
20%
€16,15
Ganhe €3,23
Esgotado ou não disponível
 

Sinopse

Umberto Eco, conhecido em Itália e em todo o mundo pelos seus trabalhos sobre estética e semiótica e pelo seu romance O Nome da Rosa é também um incansável estudioso dos modos e modas do nosso tempo.
Viagem na Irrealidade Quotidiana é uma colectânea de textos retirados de três livros recentes: «Sette Anni di Desiderio», «Costume di Casa» e «Dalla Periferia dell' Impero» que obedecem a uma mesma temática:
Nos anos 70 e nos primeiros anos da década de 80, assistiu-se ao declínio das ideologias, das formas colectivas de pensar e agir. O homem deste final de século, desapossado da sua fé nas soluções revolucionárias e no progresso técnico, orienta o seu desejo para formas incontroladas de sublimação. Daí que a histeria do futebol e as infindáveis discussões sobre desporto substituam a convicção política e o discurso político; os jogos sadomasoquistas substituam o sexo e a ternura; o fascínio pelo oculto e pelas seitas messiânicas, substitua a religião e o misticismo.
O desejo individual, insatisfeito pela falta de resposta de uma sociedade, torna-se por vezes raiva pura e dá origem aos fenómenos de marginalidade e em casos limite ao terrorismo.
São estas novas formas de agir que Umberto Eco analisa, brilhantemente como lhe é habitual, neste livro, mas outros assuntos igualmente actuais são também aqui tratados: a objectividade dos meios de comunicação social, a natureza do poder, a crise da razão, etc., numa articulação simultaneamente intelectual e de grande comunicação com os seus leitores, irónica, profunda e sempre nova, original e profundamente interessante.
Viagem na Irrealidade Quotidiana de Umberto Eco
Críticas de imprensa
«Como os medievais - ou como os homens do Renascimento, da Antiguidade ou da Modernidade - queremos compreender o mundo, torná-lo mais inteligível. Só que o andamento dessa exigência é marcado pelo compreender - começando por tentar compreender o que quer dizer…»
Jornal de Comércio

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Viagem na Irrealidade Quotidiana
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Escritor e homem de letras italiano, Umberto Eco nasceu a 5 de Janeiro de 1932 em Alessandria (Piemonte) e morreu a 19 de fevereiro de 2016. Pouco se sabe sobre as suas origens e a sua infância, salvo que revelou extrema precocidade ao doutorar-se pela Universidade de Turim com apenas vinte e dois anos de idade, em 1954, apresentando para o efeito uma tese consagrada ao pensamento filosófico de São Tomás de Aquino "O Problema Estético em S. Tomás de Aquino".
Entre 1954 e 1959 desempenhou as funções de editor cultural na famosa cadeia de televisão estatal italiana RAI, leccionando também nessa altura nas universidades de Turim, Milão e Florença e no Instituto Politécnico de Milão. Com apenas trinta e nove anos de idade foi nomeado professor catedrático de Semiótica pela Universidade de Bolonha, a mais conceituada do seu país.
Começou a escrever nos finais da (...)

Características

Viagem na Irrealidade Quotidiana de Umberto Eco

Ano de edição ou reimpressão: 1994

Editor: Difel

Idioma: Português

Dimensões: 146 x 229 x 29 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 272

Coleção: Literatura Estrangeira


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Romance


Viagem na Irrealidade Quotidiana
 

Do mesmo autor

Umberto Eco 
Umberto Eco 

Veja outros titulos do tema

Afonso Noite-Luar 
Livro 3 da Trilogia do Lótus
José Rodrigues dos Santos 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal