Últimos Cigarros - Ítalo Svevo
Sobre o Prazer e o Vício de Fumar
Edição/reimpressão:
2005
Páginas:
64
Editor:
101 Noites - Criação de Produtos Culturais
ISBN:
9789728494384
Idioma:
Português
10%
€8,08
Ganhe €0,81
Esgotado ou não disponível
 

Sinopse

Considerado um dos mais importantes romancistas italianos, na esteira de Proust, Joyce, Kafka ou Musil, Italo Svevo, pseudónimo de Ettore Schmitz, revela-nos neste texto a sua obsessão pelo tabaco. Excerto de "A Consciência de Zeno", uma das suas mais conhecidas obras, "Últimos Cigarros" relata a história da relação conflituosa que o escritor manteve ao longo da vida com o vício e o prazer de fumar.

"E este prazer deveria ser sem dúvida enorme para Svevo, de tal forma o acompanhou até aos últimos momentos de vida: segundo a esposa, aquele encontrava-se já de cama, debilitado e gravemente ferido na sequência do acidente automóvel que acabaria por vitimá-lo, quando viu que um seu familiar acendia um cigarro. Fez-lhe então um gesto de pedido para fumar um também. Como este lho recusasse, Svevo respondeu-lhe em tom algo embaraçado: "Este seria mesmo o último cigarro."
Teresa Bairos, Do prefácio.

Últimos Cigarros de Ítalo Svevo
Excerto
"Zeno fuma. Muito. Desde a primeira adolescência. Aos vinte anos descobre que odeia o tabaco e passa a aliar ao vício outra obsessão: a de largar o vício. Obsessão falhada e ela própria viciosamente circular, ou não fosse parte integrante do prazer e da culpa de fumar."

"Zeno fuma. Muito. Desde a primeira adolescência. Aos vinte anos descobre que odeia o tabaco e passa a aliar ao vício outra obsessão: a de largar o vício. Obsessão falhada e ela própria viciosamente circular, ou não fosse parte integrante do prazer e da culpa de fumar."


Críticas de imprensa
"O que faz desta história vulgar um texto genial é o estilo do autor, ágil e rápido, sagaz e conciso, de uma elegância estilística a toda a prova, perfeito no ritmo e na atenção aos detalhes."
José Mário Silva, Diário de Notícias

"A angústia do fumador antes do último cigarro (perdoe-se a apropriação...) e depois, encontra em Zeno [...] a personagem perfeita. Alguém que continuamente empurra com a barriga decisões e culpa o tabaco por isso."
Dóris Graça Dias, Expresso

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Últimos Cigarros
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Características

Últimos Cigarros de Ítalo Svevo

Ano de edição ou reimpressão: 2005

Editor: 101 Noites - Criação de Produtos Culturais

Idioma: Português

Dimensões: 115 x 170 mm

Páginas: 64

Coleção: Biblioteca Portátil


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Outras Formas Literárias


Últimos Cigarros
 
José Mário Silva, Diário de Notícias

"A angústia do fumador antes do último cigarro (perdoe-se a apropriação...) e depois, encontra em Zeno [...] a personagem perfeita. Alguém que continuamente empurra com a barriga decisões e culpa o tabaco por isso."
Dóris Graça Dias, Expresso Considerado um dos mais importantes romancistas italianos, na esteira de Proust, Joyce, Kafka ou Musil, Italo Svevo, pseudónimo de Ettore Schmitz, re..." />

Do mesmo autor

Ítalo Svevo 

Veja outros titulos do tema

Raul Minh'alma 
Bookout 
Uma espécie de manual de escrita humorística
Ricardo Araújo Pereira 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal