Se perguntarem por mim, não estou seguido de haja harmonia - Mário de Carvalho
Edição/reimpressão:
1999
Páginas:
304
Editor:
Editorial Caminho
ISBN:
9789722112604
Coleção:
Idioma:
Português
10%
€16,99
Ganhe €1,7
Esgotado ou não disponível.
ALERTA - avisar-me por e-mail quando novamente disponível
 

Sinopse

"Os morcegos têm má visão e andam sempre a entrar onde não devem! Uma noite, um morcego entrou na cova duma doninha que era uma grande comedora de ratos. E vai a doninha e diz-lhe: «Que bom, olha um rato, vou comê-lo.» E o morcego respondeu: «Não vês que tenho asas? Onde é que tu viste um rato com asas? Eu não sou um rato, sou um pássaro!» E a doninha, que não gostava de pássaros, deixou-o ir embora. Mas o morcego, atarantado, foi ter a um buraco de árvore em que havia um gavião. O gavião adorava pássaros, e diz: «Olha que boa coisa, um passarinho que vem mesmo a calhar!» Mas o morcego respondeu: «Essa é boa! Passarinho, eu? Olha para este pêlo, tão liso e tão macio! Onde é que tu vês as penas?» O gavião disse: «É verdade, não tem penas... não é um pássaro.» «É evidente que não», respondeu o morcego, «eu sou um rato.» «Bah, detesto ratos», respondeu o gavião. E deixou o morcego ir-se embora... Eu sou assim... Numas circunstâncias... sou uma coisa; noutras, sou outra... Assim tenho evitado as chatices. Enfim... algumas..."
Se perguntarem por mim, não estou seguido de haja harmonia de Mário de Carvalho

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Se perguntarem por mim, não estou seguido de haja harmonia
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Mário de Carvalho nasceu em Lisboa em 1944. Licenciou-se em Direito e viu o serviço militar interrompido pela prisão. Desde muito cedo ligado aos meios da resistência contra o salazarismo, foi condenado a dois anos de cadeia, tendo de se exilar após cumprir a maior parte da pena. Depois da Revolução dos Cravos, em que se envolveu intensamente, exerceu advocacia em Lisboa. O seu primeiro livro, Contos da Sétima Esfera, causou surpresa pelo inesperado da abordagem ficcional e pela peculiar atmosfera, entre o maravilhoso e o fantástico.
Desde então, tem praticado diversos géneros literários – romance, novela, conto, ensaio e teatro –, percorrendo várias épocas e ambientes, sempre em edições sucessivas. Utiliza uma multiforme mudança de registos, que tanto pode moldar uma narrativa histórica como um romance de actualidade; um tema dolente e sombrio como (...)

Características

Se perguntarem por mim, não estou seguido de haja harmonia de Mário de Carvalho

Ano de edição ou reimpressão: 1999

Editor: Editorial Caminho

Idioma: Português

Dimensões: 135 x 208 x 13 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 304

Coleção: O Campo da Palavra


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Arte > Artes de Palco
Literatura > Romance
Arte > Literatura > Teatro (Obra)


Se perguntarem por mim, não estou seguido de haja harmonia
 

Do mesmo autor

(Pref. por Rui Zink)
Mário de Carvalho 
Mário de Carvalho 
Mário de Carvalho 

Veja outros titulos do tema

Sophia de Mello Breyner Andresen 
Almeida Garrett 
Luís de Sttau Monteiro 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal