Poemas Concebidos Sem Pecado - Manoel de Barros
Edição/reimpressão:
1999
Páginas:
78
Editor:
Editora Record
Idioma:
Português do Brasil, Português
10%
€14,81
Ganhe €1,48
Sujeito a confirmação no Editor
 

Sinopse

POEMAS CONCEBIDOS SEM PECADO Manoel de Barros Na década de 30, Manoel de Barros resolveu escrever uma autobiografia da infância. O título: POEMAS CONCEBIDOS SEM PECADO, que Ismael Cardim classificou uma quase prosa torta e cheia de energia. Escrito aos 20 anos, é o primeiro livro do poeta do Pantanal. Nele, o autor já mostra a sua marca de experimentação com as palavras, de explicá-las pelo avesso, pelos seus fundilhos. Nascido a 19 de dezembro de 1916, em Cuiabá, Manoel de Barros é casado, tem três filhos e sete netos. É autor de 13 livros, entre os quais Livro sobre nada - vencedor do prêmio Nestlé de Literatura 1997 na categoria Poeta Consagrado -, Livro das ignorãças, Concerto a céu aberto para solos de ave, Arranjos para assobio, Poemas concebidos sem pecado e Matéria de poesia, entre outros. Com Matéria de poesia, Poemas concebidos sem pecado, Compêndio para uso dos pássaros e Gramática expositiva do chão, a Editora Record completa o projeto de fixação da obra de Manoel de Barros. Ao todo, a editora relançou nove livros do poeta pantaneiro, com texto revisto e novo projeto gráfico. Além desses, foram lançados dois volumes inéditos: Livro sobre nada - ganhador do Prêmio Nestlé 1997 - e Retrato do artista quando, em 1998. Em novembro do ano passado, Manoel de Barros recebeu um prêmio do Ministério da Cultura pelo conjunto de sua obra, solidificando sua imagem como um dois maiores poetas brasileiros vivos.
Poemas Concebidos Sem Pecado de Manoel de Barros

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Poemas Concebidos Sem Pecado
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Manoel de Barros nasceu no Beco da Marinha, beira do Rio Cuiabá em 1916. Mudou-se para Corumbá, onde se fixou de tal forma que chegou a ser considerado corumbaense. Atualmente mora em Campo Grande.
É advogado, fazendeiro e poeta. Escreveu o seu primeiro poema aos 19 anos, mas a sua revelação poética ocorreu aos 13 anos de idade quando ainda estudava no Colégio São José dos Irmãos Maristas, Rio de Janeiro.
Autor de várias obras pelas quais recebeu prémios, como o Prémio Orlando Dantas, em 1960, conferido pela Academia Brasileira de Letras ao livro Compêndio para Uso dos Pássaros.
Em 1969 recebeu o Prémio da Fundação Cultural do Distrito Federal pela obra Gramática Expositiva do Chão e, em 1997, o livro Sobre Nada recebeu um prémio de âmbito (...)

Bibliografia

2016
Relógio D'Água
2011
Editorial Caminho
2010
Carnegie-Mellon University Press
2007
Quasi Edições
2007
Diversos
2007
Editora Record
2005
Editora Record

Características

Poemas Concebidos Sem Pecado de Manoel de Barros

Ano de edição ou reimpressão: 1999

Editor: Editora Record

Idioma: Português do Brasil, Português

Dimensões: 140 x 210 x 35 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 78

Coleção: História Do Conhecimento


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Poesia


Poemas Concebidos Sem Pecado
 
" />

Do mesmo autor

Manoel de Barros 
Manoel de Barros 

Veja outros titulos do tema

antologia poética
Rui Costa 
Daniel Jonas 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal