Para onde vão os gatos quando morrem? - Luís Cardoso
Uma parábola bíblica
Edição/reimpressão:
2017
Páginas:
272
Editor:
Sextante Editora (chancela)
ISBN:
978-989-676-190-5
Idioma:
Português
10%
€16,60
Ganhe €1,66
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

«Acabo de chegar à ilha onde vivi durante a minha infância, à procura de uma pessoa.»

O regresso a Ataúro, terra da infância, «terra do nunca», é o início desta nova viagem ao revés, de Luís Cardoso, um romance veloz, poético e emotivo, que percorre a infância e a idade de formação do narrador, a diáspora, as lutas, as desilusões, as traições, as perdas, o regresso, cruzando-o com uma plêiade de personagens extraordinárias. Uma viagem que, naturalmente, corre ao lado da história de Timor Leste, com a fantasia e a ironia que marcam desde sempre a voz do autor e nos fazem suspirar por essas terras misteriosas e de aterradora beleza.
Para onde vão os gatos quando morrem? de Luís Cardoso
Críticas de imprensa
Nesta viagem, Luís Cardoso construiu, em português, uma nova literatura de vários mundos e de várias religiões, sabendo que «Deus é muito melhor do que tudo aquilo que os homens leram a Seu respeito, de olhos abertos lokematan ou de olhos fechados takamatan.»
Frei Bento Domingues, O.P.


Quando se cala a palavra da mãe, não volta a do narrador e a história encerra-se. Começa, então, o tempo do leitor e o desafio para que ele busque, no relato que leu, as suas próprias respostas, para este e para outros enigmas. É também para isso que existe a literatura.
Carlos Reis

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Para onde vão os gatos quando morrem?
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Luís Cardoso nasceu em Kailako, uma vila no interior de Timor que aparece por diversas vezes referenciada nos seus romances. É filho de um enfermeiro que prestou serviço em várias localidades de Timor, razão pela qual conhece e fala diversos idiomas timorenses. Estudou nos colégios missionários de Soibada e de Fuiloro e, posteriormente, no seminário dos jesuítas em Dare e no Liceu Dr. Francisco Machado em Díli. Licenciou-se em Silvicultura no Instituto Superior de Agronomia de Lisboa. Desempenhou as funções de Representante do Conselho Nacional da Resistência Maubere em Portugal. É autor dos romances: Crónica de Uma Travessia (1997), Olhos de Coruja Olhos de Gato Bravo (2002), A Última Morte do Coronel Santiago (2003), Requiem para o Navegador Solitário (2007) e O ano em que Pigafetta completou a circum-navegação (Sextante (...)
Ou Catalogo Alfabetico De Todas As Freguezias Dos Reinos De Portugal, E Algarve ... Juntamente Com As Leguas De Distincia Da Metropoli Do Reino, E Da

Características

Para onde vão os gatos quando morrem? de Luís Cardoso

Ano de edição ou reimpressão: 2017

Editor: Sextante Editora (chancela)

Idioma: Português

Dimensões: 152 x 235 x 19 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 272


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Romance


Para onde vão os gatos quando morrem?
 

Do mesmo autor

A Época do Ai-Dik-Funam
Luís Cardoso 
Ou Catalogo Alfabetico De Todas As Freguezias Dos Reinos De Portugal, E Algarve ... Juntamente Com As Leguas De Distincia Da Metropoli Do Reino, E Da
Luís Cardoso 

Veja outros titulos do tema

Afonso Noite-Luar 
Jay Asher 
A rainha que Portugal imortalizou como Rainha Santa
Isabel Stilwell 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal