Outono Alemão - Stig Dagerman
Edição/reimpressão:
1991
Páginas:
150
Editor:
Antígona
ISBN:
9789726080541
Idioma:
Português
10%
€12,30
Ganhe €1,23
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

«Outono Alemão é a melhor reportagem que já se escreveu sobre a derrota alemã. Encomendada pelo jornal sueco Expressen a reportagem de Stig Dagerman ficou como um relato extraordinário sobre a desumanidade da condição humana. Os vencidos a História esquece com facilidade - ou deturpa o seu juízo - até se tornarem em vencedores. A Alemanha sobre a qual Dagerman derrama o seu olhar e a sua lúcida compaixão estava então longe de ser a potência económica que é hoje. Nos escombros da guerra e no rescaldo enfumarado dos incêndios que comeram os bairros das cidades o tempo passava devagar. Dagerman que cedo demonstrou a diferença entre o jornalista hipócrita e o jornalista que olha por dentro e sabe avaliar o peso e o tamanho do sofrimento não busca a convicção moral o ponto de vista político ou o propósito estético à custa dos outros. O jornalista hipócrita atravessa as ruínas e o cemitério bombardeado em que se tornou a Alemanha exigindo uma explicação política aos sobreviventes. E conclui sobre o joelho ao calor de um whisky e no abrigo de um hotel que os alemães que dormem em caves cobertas de água morrem de tuberculose e não têm que comer ainda são nazis porque à pergunta viviam melhor no tempo de Hitler? Eles respondem sim. O jornalista hipócrita prolonga a hipocrisia dos senhores do Mundo que reescrevem a História a seu belo-prazer decidindo quem são as vítimas e quem são os agressores.»
Clara Ferreira Alves, Expresso, 23.11.91

«Outono Alemão é um dos mais belos textos de reportagem alguma vez escritos e constitui para o autor o primeiro êxito de vendas. Vagueando entre as ruínas do que foi um país Dagerman distingue a qualidade transitória dessa espécie de silêncio que se segue às grandes batalhas.»
Fernanda Câncio, Grande Reportagem, Maio de 1992.
Outono Alemão de Stig Dagerman

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Outono Alemão
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Uma inquietação visceral assombrou a vida de Stig Dagerman (1923-1954), saudado precocemente como um Rimbaud do Norte, um Camus sueco e um jovem prodígio das letras nórdicas.

Esta insidiosa angústia assolava-o desde a sua Älvkarleby natal, onde a mãe o abandonara em tenra idade, acompanhou-o nos meios anarquistas de Estocolmo e culminaria no seu suicídio aos 31 anos.

Autor de culto, escreveu em quatro anos toda a sua obra, na qual se destacam A Serpente (1945), A Ilha dos Condenados (1946), Outono Alemão (1947) e Jogos da Noite (1947).

Legou-nos um exemplo de lucidez e resistência à mentira, como alicerce e esteio da acção humana, e algumas das mais belas páginas sobre a falsidade das relações e a angústia e a ira que as (...)

Bibliografia

2017
Antígona
2016
MAURICE NADEAU
2014
CENT PAGES
2014
NORDICA LIBROS
2013
DAVID R. GODINE PUBLISHER INC
2013
University of Minnesota Press

Características

Outono Alemão de Stig Dagerman

Ano de edição ou reimpressão: 1991

Editor: Antígona

Idioma: Português

Dimensões: 128 x 210 x 15 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 150


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
História > História em Geral


Outono Alemão
 

Do mesmo autor

(3ª Edição)
Stig Dagerman 
Stig Dagerman 
Stig Dagerman 

Veja outros titulos do tema

De animais a Deuses (4ª Edição)
Yuval Noah Harari 
Uma História Secreta do Holocausto
Patricia Posner 
Os últimos 5000 anos em 200 páginas!
Emma Marriott 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal