Os Russos (eBook) - Fiódor Dostoiévski
Formato do ficheiro:
E-pub
Edição/reimpressão:
2017
Páginas:
880
Editor:
Hedra
ISBN:
9788511351361
Idioma:
Português do Brasil
Disponibilidade Imediata
 

sobre o produto

A grandeza da Rússia se mede por muitas réguas diferentes. A da geografia, da história, da política, da guerra. Mas talvez nenhuma supere a da literatura. E em particular, a da literatura do século XIX, "que só gênios concebia", tomando assim ao pé da letra este verso de Pessoa – e que está aqui representada, em traduções diretas, por seus maiores nomes: Aleksandr Púchkin, Nikolai Gógol, Fiódor Dostoiévki, Liev Tolstói, Anton Tchekhov e Maksim Górki.Considerando que Tchekhov e Dostoiévski, particularmente, são dois dos nomes mais influentes da literatura contemporânea (pois o conto e o romance modernos não existiriam sem eles), o que está aqui reunido, em Os russos, afinal, não são somente os maiores nomes da literatura russa de seu período áureo, mas parte importante da literatura mundial de todos os tempos.

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Os Russos
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Fiódor Dostoiévski

Fiódor Dostoiévski ( Moscovo, 30.10.1821 - S.Petersburgo, 28.01.1881) foi um dos grandes percursores, como Emily Brontë, da mais moderna forma do romance, exemplificada em Marcel Proust, James Joyce, Virgina Woolf entre outros. Filho de um médico militar, aos 15 anos é enviado para a Escola Militar de Engenharia. de S. Petersburgo. Aí lhe desperta a vocação literária, ao entrar em contacto com outros escritores russos e com a obra de Byron, Vítor Hugo e Shakespeare. Terminado o curso de engenharia, dedica-se a fazer traduções para ganhar a vida e estreia-se em 1846 com o seu primeiro romance, Gente Pobre. Após mais umas tentavivas literárias, foi condenado à morte em 1849, por implicação numa suspeita conjura revolucionária. No entanto, a pena foi-lhe comutada para trabalhos forçados na Sibéria. Durante os seus anos de degredo teve uma vida interior de carácter (...)

Bibliografia

2017
Relógio D'Água
2017
EL ESCONDITE
2017
Relógio D'Água
2017
ALBA EDITORIAL
2016
ALCALA GRUPO EDITOR
2016
ALCALA GRUPO EDITOR

Anton Tchekhov

Anton Tchékhov (1860-1904) Importante escritor e dramaturgo russo, considerado um dos mestres do conto moderno.
Nasceu em Taganrog, no sul da Rússia, em Janeiro de 1860. Terminou os estudos de Medicina em 1884 e começou a exercer nos arredores de Moscovo. Para ajudar financeiramente a família, faz pequenos trabalhos jornalísticos e as primeiras tentativas literárias.
Em 1887 ganhou o Prémio Pushkhin da Academia Russa e grande popularidade, com a sua segunda antologia de contos.
É no final da sua curta vida - morreu aos quarenta e quatro anos - que escreve as peças que o consagram como grande dramaturgo: A Gaivota, Tio Vânia, As Três Irmãs e O (...)

Bibliografia

2017
FLAMMARION
2017
FLAMMARION
2015
GALLIMARD
2014
L'HERNE
2014
GRASSET ET FASQUELLE

Maksim Gorki

Maksim Gorki, pseudónimo de Aleksei Maksimovich Peshkov, nasceu em Nizliny-Novgorod a 28 de março de 1868. Após uma infância repleta de dificuldades, exerce os mais variados mesteres, desde moço de recados a moço de cozinha num barco. Em outubro de 1889 é preso pela primeira vez, apenas por três dias. Em abril de 1891, enceta a sua primeira jornada a pé através da Rússia, que se prolonga até outubro do ano seguinte. Durante esta viagem escreve o seu primeiro conto, Makar Chudra. Em agosto de 1896, casa-se com Yekaterina Pavlovna Vozhina e dois meses depois adoece de tuberculose, mas, mesmo assim, não deixa de trabalhar. Em 1897 saem os seus dois primeiros volumes de contos. Em maio de 1898 é de novo preso, em Nizlny-Novgorod. Em fins de setembro de 1899, visita pela primeira vez Sampetersburgo. Em janeiro de 1900 tem o seu primeiro encontro com Tolstoi, e em 17 de abril de (...)

Bibliografia

2015
Livraria Civilização Editora
2012
AUTOMATICA
2012
REINO DE CORDELIA
2012
AUTOMATICA
2008
AKAL
1998
GAVIOTA

Aleksandr Púchkin

"Aleksandr Serguéevitch Púchkin nasceu em Moscovo a 26 de maio de 1799 (6 de junho de acordo com o novo calendário), na família do major-guarda na reserva Serguei Púchkin. Púchkin nasceu nobre, oriundo de uma velha linhagem russa. (...) Nobre mas sem título nem fortuna, alheio a alguma nobreza adventícia e oportunista que ele zurze desde muito cedo nos seus epigramas, Púchkin identifica-se e faz identificar a sua obra com a nobreza acima de toda a conjuntura social, política ou outra, com a independência e liberdade adquiridas por mérito ancestral. A obra de Púchkin vai cavar às origens, direta ou indiretamente, e sempre em profundidade, esse sentido estético de nobreza que confere liberdade, numa espécie de 'transfert' poético, em que o sangue é antigo mas vivo, puro mas livre (a liberdade da miscigenação, recorrência da sua ascendência africana). (...) Até aos (...)

Bibliografia

2016
Relógio D'Água
2014
ULISES
2004
Relógio D'Água

Nikolai Gógol

Nikolai Gógol, autor clássico da literatura russa, nasceu a 20 de março de 1809 (1 de abril pelo nosso calendário gregoriano) na província de Poltava (Ucrânia), no seio de uma família de médios proprietários rurais (1200 hectares e 200 servos da gleba). Partiu jovem para Petersburgo, onde começou por ocupar sucessivos empregos em ministérios, foi professor, ao mesmo tempo que ia escrevendo e publicando em revistas. Passou grande parte da sua vida em viagens pelo estrangeiro e pela Rússia.
Das suas obras destacam-se as coletâneas de contos Noites na Granja ao Pé de Dikanka (1831-32), Mírgorod (1835), os Contos de São Petersburgo («Avenida Névski» [1834], «Diário de um Louco» [1834], «O Nariz» [1836], «O Retrato» [1841] «O Capote» [1841], e «A Caleche» [1836]) e as peças de teatro O Inspector (1836) e O (...)

Bibliografia

2017
Assírio & Alvim
2017
E-primatur
2017
FLAMMARION
2017
NORDICA LIBROS
2016
ALCALA GRUPO EDITOR
2016
EL ESCONDITE

Lev Tolstoi

Também conhecido como Léon Tolstói ou Lev Nikoláievich Tolstói (9 de setembro de 1828 - 20 de novembro de 1910) foi um escritor russo muito influente na literatura e política do seu país.
Junto a Fiódor Dostoievski, Tolstói foi um dos grandes da literatura russa do século XIX. As suas obras mais famosas são Guerra e Paz e Anna Karenina.
Membro da nobreza, entre 1852 e 1856 realizou três obras autobiográficas: Meninice, Adolescência e Juventude.
Tolstói serviu no exército durante as guerras do Cáucaso e durante a Guerra de Criméa como tenente. Esta experiência convertê-lo-ia em pacifista.
Associado à corrente realista, tentou reflectir fielmente a sociedade em que vivia.
Cossacos (1863) descreve a vida deste povo.
Anna Karenina (1867) conta as histórias paralelas de uma mulher presa nas (...)

Bibliografia

2017
BAYARD
2017
Saída de Emergência
2017
Saída de Emergência
2017
Trieste Publishing
2017
LA OTRA H
2017
FLAMMARION
2017
KAIROS

Características

Ano de edição ou reimpressão: 2017

Editor: Hedra

Formato do ficheiro: E-pub

Tamanho do ficheiro: 1.00 mb

Idioma: Português do Brasil

Suporte: Produto Download

Páginas: 880


Tipo de Produto: eBook

Classificação Temática:

eBooks em Português
Literatura > Ensaios


Do mesmo autor

Fiódor Dostoiévski 
Fiódor Dostoiévski 
Fiódor Dostoiévski 

Veja outros titulos do tema

Jacqueline Farid 
Alexandre Kahtalian 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal