O Mandarim - Eça de Queirós
Edição/reimpressão:
2003
Páginas:
136
Editor:
Editorial Presença
ISBN:
9789722328005
Idioma:
Português
10%
€10,07
Ganhe €1,01
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

Sinopse: O Mandarim inicia uma colecção destinada a publicar as obras de Eça de Queirós numa nova edição, que oferece ao público textos fixados em função de um estudo comparativo das várias edições existentes. O leitor, terá assim acesso, em edições correntes, ao texto fixado pela edição crítica das obras de Eça de Queirós, levada a cabo pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda. O Professor Carlos Reis é o responsável pela coordenação geral, assim como pelas introduções, prefácios e notas ao texto. Publicado pela primeira vez em folhetim, no Diário de Portugal, em 1880, O Mandarim transporta-nos a Oriente, cenário exótico do imaginário queirosiano, que serve de pano de fundo à história de Teodoro, um pacato amanuense do Ministério do Reino. Vítima de uma tentação aguçada por um Diabo, a de pôr fim aos dias de um abastado mandarim chinês, Teodoro constitui-se o directo detentor de uma fortuna. Enriquece, embora viva condenado a transportar eternamente na consciência o mais corrosivo dos legados: o remorso. Empreende uma viagem «purificadora» à China, mas nem isso lhe devolve a paz que a avareza gulosa lhe havia roubado. Eça prima pela descrição simbólica e caricatural das personagens e ambientes, ao mesmo tempo que aplica a exacta pitada de sátira à condição humana.
O Mandarim de Eça de Queirós

comentários

Coloque aqui o seu comentário - O Mandarim
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


José Maria Eça de Queirós nasceu a 25 de novembro de 1845 numa casa da Praça do Almada na Póvoa de Varzim, no centro administrativo da cidade; foi batizado na Igreja Matriz de Vila do Conde . Filho de José Maria Teixeira de Queirós e Carolina Augusta Pereira d'Eça, Com 16 anos foi para Coimbra estudar Direito, tendo aí sido amigo de Antero de Quental. Seus primeiros trabalhos, publicados como um folhetão na revista "Gazeta de Portugal", apareceram como coleção, publicada depois da sua morte sob o título Prosas Bárbaras. Em 1869 e 1870, Eça de Queirós viajou ao Egito e visitou o canal do Suez que estava sendo construído, o que inspirou diversos de seus trabalhos, o mais notável dos quais o Mistério da Estrada de Sintra, de 1870, e A Relíquia, apenas publicado em 1887. Em 1871 foi um dos participantes das chamadas Conferências do Casino. Quando foi despachado mais (...)

Bibliografia

2017
Fábula
2017
Relógio D'Água
2016
Esfera do Caos
2016
DEDALUS LTD
2016
Porto Editora
2016
Porto Editora

Características

O Mandarim de Eça de Queirós

Ano de edição ou reimpressão: 2003

Editor: Editorial Presença

Idioma: Português

Dimensões: 149 x 228 x 8 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 136

Coleção: obras de eça de queiros


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Romance


O Mandarim
 

Do mesmo autor

Eça de Queirós 
Eça de Queirós 
Manuscrito Autógrafo
Eça de Queirós 

Veja outros titulos do tema

Afonso Noite-Luar 
Lesley Pearse 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal