O Homem Artifício - Dominique Bourg
O sentido da técnica
Edição/reimpressão:
1999
Páginas:
338
Editor:
Instituto Piaget
ISBN:
9789727711673
Idioma:
Português
10%
€19,89
Ganhe €1,99
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

A técnica pode ser uma coisa má, uma cilada e uma devastação, uma falsa natureza que pretende substituir a verdadeira, desejos fabricados substituindo alegrias reais, artifícios, miragens e parecenças que manipulam os corpos e destroem as almas. Tudo isto foi-nos muitas vezes repetido. A multiplicação das máquinas, a exploração das energias, a industrialização da alimentação, a transformação das espécies vivas, entre outros traços, como sinais de catástrofes irremediáveis. Dominique Bourg critica metodicamente o conjunto destes lugares comuns. Sublinha-lhes os excessos e os impasses, tanto em Heidegger como em Jacques Ellul, por exemplo, de uma maneira bastante dura. O seu trabalho é preciso, claro, marcado pelo bom senso. Felizmente que a técnica existe! Esta é a sua primeira constatação. O ponto central da sua argumentação é , em simultâneo, muito simples e muito forte: sem técnica não há humanidade. É no meio dos utensílios e das transformações do seu meio ambiente que o Homem se produz a si próprio. Animal tão fabricante quanto político ou falante. O interesse desta afirmação está no dar à técnica o seu lugar primordial e fundador na própria existência do homem. O Artifício é essencial e fundador: é fazendo que o homem se faz. O importante está em ver que a existência humana é inseparável deste fazer e não saberia conceber-se sem ele. No entanto esta afirmação não interdita de forma alguma a denúncia dos riscos industriais e o alertar para uma prevenção contra as catástrofes que nos atentam. Dominique Bourg conclui que o antropocentrismo é o horizonte inultrapassável das nossas análises e das nossas decisões.

O Homem Artifício de Dominique Bourg

comentários

Coloque aqui o seu comentário - O Homem Artifício
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Dominique Bourg, doutor em Filosofia pela Universidade de Estrasburgo e em Filosofia e Ciências Sociais pela EHESS de Paris. É membro do comité de redacção da revista Esprit e membro da Comissão Francesa do Desenvolvimento Durável (Ministério do Ambiente). É autor de várias obras, entre as quais Os Sentimentos da Natureza e O Homem Artifício, já publicadas pelo Instituto (...)

Características

O Homem Artifício de Dominique Bourg

Ano de edição ou reimpressão: 1999

Editor: Instituto Piaget

Idioma: Português

Dimensões: 159 x 234 x 41 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 338

Coleção: Epistemologia e Sociedade


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Ciências Sociais e Humanas > Filosofia


O Homem Artifício
 

Do mesmo autor

Philippe Dumartheray 
Alain Papaux 
Dominique Bourg 

Veja outros titulos do tema

ou os paradoxos da felicidade
Luc Ferry 
Século IX - XXI
José Milhazes 
Reflexões sobre o destino do mundo
Sigmund Freud 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal