O Banqueiro Anarquista - Fernando Pessoa
Edição/reimpressão:
1981
Páginas:
72
Editor:
Antígona
ISBN:
9789726080046
Idioma:
Português
10%
€5,00
Ganhe €0,5
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

Misto de «sátira dialéctica» e de «conto do raciocínio», segundo o próprio autor, O Banqueiro Anarquista (1922) desenvolve-se entre um personagem anónimo e um ex-operário, também anónimo, que se tornou banqueiro. No diálogo, este último narra o seu processo de formação, procurando demonstrar logicamente porque é realmente «anarquista», na teoria e na prática.
Trata-se de uma obra bastante actual, que choca pelo seu carácter vincadamente universal, pois este é um diálogo que poderiam manter duas personagens em qualquer parte do mundo (sobretudo ocidental).
O Banqueiro Anarquista de Fernando Pessoa

comentários

Como é que um Banqueiro pode ser Anarquista?
"Como é que um Banqueiro pode ser Anarquista?" Este é o fio condutor que Pessoa desconstrói ao longo do seu conto. O que se apresenta como um antagonismo é refutado ao longo do decorrer de uma conversa num final de jantar, entre um banqueiro e um outro individuo. O Banqueiro assume-se como um verdadeiro anarquista, diferente de todos aqueles que se dizem ser mas não o são. Na sua reflexão, apenas se consegue ser um verdadeiro anarquista se o individuo se libertar das ficções sociais, identificando a principal o "Dinheiro". É um conto de simples leitura, com enorme conteúdo filosófico, imperdível para todos os amantes de críticas político-económicas.
Roberto Sequeira - Livreiro Bertrand Fórum Coimbra | 10-04-17
Coloque aqui o seu comentário - O Banqueiro Anarquista
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Um dos maiores génios poéticos de toda a nossa Literatura e um dos poucos escritores portugueses mundialmente conhecidos. A sua poesia acabou por ser decisiva na evolução de toda a produção poética portuguesa do século XX. Se nele é ainda notória a herança simbolista, Pessoa foi mais longe, não só quanto à criação (e invenção) de novas tentativas artísticas e literárias, mas também no que respeita ao esforço de teorização e de crítica literária. É um poeta universal, na medida em que nos foi dando, mesmo com contradições, uma visão simultaneamente múltipla e unitária da Vida. É precisamente nesta tentativa de olhar o mundo duma forma múltipla (com um forte substrato de filosofia racionalista e mesmo de influência oriental) que reside uma explicação plausível para ter criado os célebres heterónimos - Alberto Caeiro, Álvaro de Campos e Ricardo (...)

Bibliografia

2017
Companhia das Letras
2017
Assírio & Alvim
2017
Assírio & Alvim
2017
Tinta da China
2017
Profile Books Ltd
2017
Assírio & Alvim

Características

O Banqueiro Anarquista de Fernando Pessoa

Ano de edição ou reimpressão: 1981

Editor: Antígona

Idioma: Português

Dimensões: 127 x 211 x 4 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 72


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Romance


O Banqueiro Anarquista
 

Do mesmo autor

Fernando Pessoa 
Fernando Pessoa 
Fernando Pessoa 

Veja outros titulos do tema

Afonso Noite-Luar 
Livro 3 da Trilogia do Lótus
José Rodrigues dos Santos 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal