Miguel Ângelo - José Álvarez Lopera
Edição/reimpressão:
2000
Páginas:
136
Editor:
Editorial Estampa
ISBN:
9789723315622
Coleção:
Idioma:
Português
10%
€25,28
Ganhe €2,53
Esgotado ou não disponível
 

Sinopse

Michelangelo Buonarroti, chamado Miguel Ângelo, escultor, pintor, arquitecto e poeta, nasceu em Caprese, na Toscana, a 6 de Março de 1475, e morreu em Roma, a 18 de Fevereiro de 1564. Passou a sua juventude em Florença, onde se introduziu no ambiente artístico-cultural da cidade. Estudou nas oficinas de Ghirlandaio e de Bertolo di Giovanni, com quem executou os relevos de mármore da "Madona da Escada e a Luta dos Centauros contra os Lápitas". Depois de uma curta permanência em Bolonha (1494-1495), mudou-se para Roma. Aí fez uma estátua de Baco e Pietà para a Basílica de São Pedro. Entre 1501 e 1505 voltou a Florença, onde, no Palácio Vecchio, fez os esboços e projectos de um fresco com a representação da Batalha de Cascina. Esculpiu uma das suas melhores obras, O "David". Em 1505 começou em Roma o monumento fúnebro encomendado pelo papa Júlio II, síntese monumental de escultura e arquitectura, executado em diversas fases, que nunca se concluiu e para o qual esculpiu o Moisés e os Escravos. De 1508 a 1512 aceitou o encargo de pintar a fresco a abóbada da Capela Sistina, com temas da Criação e cenas bíblicas do Antigo e do Novo Testamento. Poucos anos depois (1520-1527 e 1530-1534) executou, na Sacristia Nova de São Lourenço de Florença, os túmulos e Lourenço de Médicis, em que combinou motivos cristãos e pagãos referentes à morte e à vida no Além; também desta vez não conseguir concluir o seu projecto. Trabalhou paralelamente em diferentes modelos para o túmulo de Júlio II, bem como nos projectos arquitectónicos da Biblioteca Laurenciana, construída entre 1525-1534 e acabada por G . Vasari. Depois de passar algum tempo em Ferrara e Veneza (1529), fixou residência em Roma (1534). Correspondem a esta época os frescos do Juízo Final da Capela Sistina, os d’A Conversão de São Paulo, A Crucifixão de São Pedro da capela Paulina, e as três esculturas do tema da Pietà. Na sua pintura, Miguela Ângelo aperfeiçoou um estilo caracterizado pelo movimento, pelo modelado muito acentuado, pelo gosto dos esforços e pelo nu, bem, como pelas tonalidades claras, dando um nítido aspecto volumétrico e escultórico à sua pintura. A partir de 1546 dedicou-se particularmente à arquitectura: ordenação da Praça do Capitólio, Igreja de Santa Maria dos Anjos, Capela Sforza, Porta Pia, Basílica de Santa Maria Maior, fortificações de Florença, Basílica de São Pedro e projecto da cúpula, Palácio dos Conservadores, conclusão do Palácio.Farnesio, etc.
Miguel Ângelo de José Álvarez Lopera

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Miguel Ângelo
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Características

Miguel Ângelo de José Álvarez Lopera

Ano de edição ou reimpressão: 2000

Editor: Editorial Estampa

Idioma: Português

Dimensões: 290 x 310 x 20 mm

Encadernação: Capa dura

Páginas: 136

Coleção: Os Mestres Pintores


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Arte > Pintura


Miguel Ângelo
 

Do mesmo autor

José Álvarez Lopera 
José Álvarez Lopera 
José Álvarez Lopera 

Veja outros titulos do tema

Isabel Allende 
Manuela France 
Para pintar e meditar - Citações inspiradoras
Bookout 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal