Homo Aestheticus - Luc Ferry
A Invenção do Gosto na Era Democrática
Edição/reimpressão:
2003
Páginas:
352
Editor:
Edições Almedina
ISBN:
9789724019512
Idioma:
Português
10%
€20,19
Ganhe €2,02
Esgotado ou não disponível.
ALERTA - avisar-me por e-mail quando novamente disponível
 

Sinopse

"Homo aestheticus - L'invention du goût à l'âge démocratique de Luc Ferry, cuja tradução portuguesa é agora publicada, constitui justamente um guia fundamental para percorrer o itinerário filosófico das relações entre filosofia da arte e estética e, sobretudo, da autonomia da estética.
[...] o trabalho de Luc Ferry, desenrolando-se, desde sempre, no campo político-social, está conduzido por um objectivo filosófico preciso, que constitui, aliás, um importante sinal da sua inserção histórico-filosófica; mostrar os limites das correntes de extracção anti-humanista através de uma arqueologia da individualidade susceptível de volver-se em afirmação do indivíduo como categoria central do pensamento moderno tanto quanto do mundo moderno. Ora, foi aí, como eixo medular do pensamento político moderno, que Ferry encontrou a categoria de gosto. [...] Indissociável de um pensamento que conceptualize o conhecimento sensível imanente a cada obra, a arte é, profundamente, uma ocorrência social e política não no sentido em que mobiliza temas ou interesses sociais e políticos mas porque as mutações históricas ou conceptuais relativas ao que seja arte são, por excelência, o lugar onde a imagem de si social e política de uma sociedade é legível na sua maior depuração. E a noção de gosto, antes de referir-se ao universo artístico, designou um contorno particular da sociabilidade."

In Nota de Apresentação de António Pedro Pita

Homo Aestheticus de Luc Ferry

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Homo Aestheticus
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Nascido em Paris em 1951, Luc Ferry é filósofo, pedagogo e um dos principais defensores do humanismo secular — uma mundividência que se contrapõe à religião, advogando o uso da razão crítica em lugar da fé na busca de respostas para as questões humanas mais importantes. Ministro da Educação de França de 2002 a 2004, foi um dos responsáveis pelo debate público de questões outrora confinadas às universidades. Enquanto ministro, foi dele a proibição de uso de trajes religiosos nas escolas públicas francesas. De Luc Ferry, o Círculo de Leitores e a Temas e Debates publicaram Famílias, Amo-Vos (2008), Aprender a Viver (2009) e A Revolução do Amor (...)

Características

Homo Aestheticus de Luc Ferry

Ano de edição ou reimpressão: 2003

Editor: Edições Almedina

Idioma: Português

Dimensões: 161 x 231 x 25 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 352


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Ciências Sociais e Humanas > Filosofia


Homo Aestheticus
 

Do mesmo autor

ou os paradoxos da felicidade
Luc Ferry 

Veja outros titulos do tema

Erasmo de Roterdão 
Edmund Husserl 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal