Do Enigma de Rennes-Le-Chateau ao Priorado de Sião - Bernardo Sanchez da Motta
História de um Mito Moderno
Edição/reimpressão:
2005
Páginas:
414
Editor:
Ésquilo
ISBN:
9789728605513
Idioma:
Português
10%
€19,69
Ganhe €1,97
Esgotado ou não disponível.
ALERTA - avisar-me por e-mail quando novamente disponível
 

Sinopse

Em Rennes-le-Château, pequena povoação do Sul de França impregnada pelo imaginário dos Celtas, Cátaros, trovadores medievais, e também pelo culto a Santa Maria Madalena, surge no final do século XIX um enigmático sacerdote católico, o padre Bérenger Saunière, com um carisma e um espírito de empreendimento notáveis. Mas não imaginaria ele que a aldeia do seu coração, e a sua própria vida, serviriam na segunda metade do século XX para a criação do mito de Rennes-le-Château e do Priorado de Sião, um dos maiores embustes da era moderna.

Do Enigma de Rennes-Le-Chateau ao Priorado de Sião de Bernardo Sanchez da Motta
Críticas de imprensa
Uma investigação [...] que pretende desconstruir um mito criado no século XX por um trotskista, um surrealista e um ultra-católico da extrema-direita. Este trio terá estado na origem do Priorado do Sião - a base do romance "O Código Da Vinci" - , aqui considerado um dos maiores embustes da era moderna.
O autor, após dez anos de pequisa, chegou à conclusão que em meados do século XX foi montado um enredo misterioso em torno de Rennes-le-Château, no sul de França. De seguida, foi criada uma ordem secreta, por um suposto descendente de reis merovíngios, com "desígnios" misteriosos e com pretensões a um lugar determinante na História: o Priorado de Sião. Segundo Bernardo Sanchez da Motta, foram forjadas provas e a história foi repetida em diversas publicações com acrescentos míticos que acabaram por relacioná-la com uma linhagem real e sagrada descendente de Jesus e Madalena.
Pierre Plantard - o ultra-católico - terá sido apontado como como grão-mestre do Priorado de Sião, mas teria uma genealogia fraudulenta que o colocava como descendente dos reis merovíngios. Em 1993 foi julgado por um tribunal francês e considerado "mitómano" - uma obsessão pela mentira que leva uma pessoa a viver uma vida fantasiosa. Para a polícia secreta, que o investigou, seria apenas um homem egocêntrico que quis criar para si um lugar na História.
Só que esta história terá sido levada a sério e acabou por inspirar livros como o romance "O Código Da Vinci", de Dan Brown. Segundo revela a Ésquilo em comunicado de Imprensa, Bernardo Sanchez da Motta apresenta nesta obra "com dinamismo e por vezes com humor", uma tese ilustrada "com documentos e registos aprofundados".
Rui Azeredo, Comércio do Porto

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Do Enigma de Rennes-Le-Chateau ao Priorado de Sião
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Características

Do Enigma de Rennes-Le-Chateau ao Priorado de Sião de Bernardo Sanchez da Motta

Ano de edição ou reimpressão: 2005

Editor: Ésquilo

Idioma: Português

Dimensões: 161 x 231 x 27 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 414


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Desenvolvimento Pessoal e Espiritual > Esoterismo


Do Enigma de Rennes-Le-Chateau ao Priorado de Sião
 
O autor, após dez anos de pequisa, chegou à conclusão que em meados do século XX foi montado um enredo misterioso em torno de Rennes-le-Château, no sul de França. De seguida, foi criada uma ordem secreta, por um suposto descendente de reis merovíngios, com "desígnios" misteriosos e com pretensões a um lugar determinante na História: o Priorado de Sião. Segundo Bernardo Sanchez da Motta, foram forjadas provas e a história foi repetida em diversas publicações com acrescentos míticos que acabaram por relacioná-la com uma linhagem real e sagrada descendente de Jesus e Madalena.
Pierre Plantard - o ultra-católico - terá sido apontado como como grão-mestre do Priorado de Sião, mas teria uma genealogia fraudulenta que o colocava como descendente dos reis merovíngios. Em 1993 foi julgado por um tribunal francês e considerado "mitómano" - uma obsessão pela mentira que leva uma pessoa a viver uma vida fantasiosa. Para a polícia secreta, que o investigou, seria apenas um homem egocêntrico que quis criar para si um lugar na História.
Só que esta história terá sido levada a sério e acabou por inspirar livros como o romance "O Código Da Vinci", de Dan Brown. Segundo revela a Ésquilo em comunicado de Imprensa, Bernardo Sanchez da Motta apresenta nesta obra "com dinamismo e por vezes com humor", uma tese ilustrada "com documentos e registos aprofundados".
Rui Azeredo, Comércio do Porto

Em Rennes-le-Château, pequena povoação do Sul de França impregnada pelo imaginário dos Celtas, Cátaros, trovadores medievais, e também pelo ..." /> " />

Do mesmo autor

Veja outros titulos do tema

E Escritos Afins
António Telmo 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal