Confissões de Narciso - Autran Dourado
Edição/reimpressão:
2003
Páginas:
184
Editor:
Quasi Edições
ISBN:
9789728632854
Idioma:
Português
10%
10%
€5,05
€4,55
Ganhe €0,51
Esgotado ou não disponível.
ALERTA - avisar-me por e-mail quando novamente disponível
 

Sinopse

O escritor leu, ainda na frente dela, a primeira página do primeiro caderno em prosa. A senhora não gostaria de ler antes? está na primeira pessoa, disse ele. Estes cadernos podem ser de memórias. Quem sabe a senhora não aparece com mau feitio.'' Mesmo assim eu não tenho a menor curiosidade, disse ela. Na verdade, eu mal sei ler e escrever, nunca consegui atravessar um livro inteiro. Não passei do segundo ano do Colégio Nossa Senhora do Carmo, pras meninas. Minha mãe achava que mulher não devia ter muitas letras, mas ser educada pra se tornar uma boa dona-de-casa, além deparideira. No que meu pai concordava, ele nunca foi de contrariar opinião de minha mãe. Dona Sina (o nome dela, com perdão da má palavra, sendo Alfonsina) era uma mulher danada de braba. Na rua meu pai mandava, em casa era ela que imperava.
Confissões de Narciso de Autran Dourado

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Confissões de Narciso
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Waldomiro Freitas Autran Dourado nasceu no Brasil em 1926 e assina as suas obras apenas com os seus dois últimos apelidos: Autran Dourado.
Filho de um juiz, passou a sua infância em Minas Gerais, o seu estado natal. Aos 17 anos foi para Belo Horizonte onde estou direito e trabalhou como taquígrafo e jornalista. Licenciou-se em 1949. Sombra e Exílio (1950), a sua segunda obra publicada, ganhou o Prémio Mário Sette, do Jornal de Letras. Em 1954 muda-se para o Rio de Janeiro, onde vive até hoje. Foi secretário de imprensa da República entre 1958 e 1961, no governo de Juscelino Kubitschek. A sua primeira obra a ser traduzida para outros idiomas foi A Barca dos Homens, que a União Brasileira de Escritores considerou o melhor livro do ano em 1961. Também publicou ensaios sobre teoria literária e um livro de memórias, Gaiola aberta. O seu romance mais (...)

Características

Confissões de Narciso de Autran Dourado

Ano de edição ou reimpressão: 2003

Editor: Quasi Edições

Idioma: Português

Dimensões: 135 x 205 x 16 mm

Páginas: 184

Coleção: Arranjos Para Assobio


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Romance


Confissões de Narciso
 

Do mesmo autor

Autran Dourado 
Autran Dourado 
Autran Dourado 

Veja outros titulos do tema

Afonso Noite-Luar 
Lesley Pearse 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal