As Amantes de Dom João V - Alberto Pimentel
Edição/reimpressão:
2017
Páginas:
224
Editor:
Sistema Solar
ISBN:
9789898833204
Idioma:
Português
10%
€15,00
Ganhe €1,5
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

Como rei, possuía essa altivez de porte, essa majestade sobranceira que o igualava a Luís XIV e que devia enlouquecer de orgulho a mulher que o visse rendido a seus pés, suplicante e apaixonado.

As Amantes de Dom João V — um dos festejados títulos na obra literária de Alberto Pimentel — é de 1892. A este rei, que o «sol» francês de Luís XIV iluminou, chamaram O Magnânimo. […] A nobreza encontrava nas barrigas de freira requintes de doçura mas também o percalço de incómodos bastardos. O país encheu-se de infantes escondidos ou mesmo ignorados. D. António, D. Gaspar e D. José eram os que Sua Majestade tinha gerado em madres de convento, uma delas francesa, os seus filhos que a linguagem popular designou por «meninos de Palhavã». Habitavam o palácio do marquês do Louriçal, defendido nessa época pela discrição de um arredor da cidade, mas hoje central e conhecido como sede da embaixada de Espanha.

[…] Alberto Pimentel passeia de capítulo a capítulo pelas mais notáveis amantes deste D. João V com uma lubricidade que chegou a precisar, para jogos prolongados, da bem recebida ajuda dos afrodisíacos.
Teve um dos mais longos reinados da monarquia portuguesa, ou seja, muito tempo para se mostrar ágil, desembaraçado e robusto, as qualidades que Pimentel destaca quando lhe descreve o físico; mas amigas, também, do que lhe foi mais precioso nesta lida consumada em leitos de baldaquino: compreender sem hesitações as mulheres e, a conferir-lhe à corte invulgar eficácia, fazer-se compreender sem delongas.
[Aníbal Fernandes]

D. João V foi um rei à altura do seu tempo e, como noblesse oblige, não consentiu que ninguém lhe deitasse a barra adiante em liberdade de costumes.
Hoje, que o cesarismo acabou, um rei como D. João V seria o coveiro da sua própria coroa; mas, naquele tempo, um rei que não fosse D. João V ficaria inferior ao último dos fidalgos, não mereceria que os poetas do tempo o emparelhassem com Luís XIV, como quando o autor do Pinto renascido lhe chama o — Sol El-Rei D. João.
[Alberto Pimentel]
As Amantes de Dom João V de Alberto Pimentel

comentários

Coloque aqui o seu comentário - As Amantes de Dom João V
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Alberto Pimentel nasceu no Porto a 14 de Abril de 1849.
Com uma obra extensa e variada, escreveu poesia, romance, teatro, biografia, obras políticas, entre outros géneros.
Camilo Castelo Branco – que conheceu pessoalmente, lhe prefaciou dois dos seus livros e é matéria de algumas das suas obras – é o seu ídolo e o seu Mestre.
Morreu em Queluz no dia 19 de Julho de (...)
Memoria Sobre A Poesia Popular Portugueza Nos Acontecimentos Politicos...
Scenas Da Guerra Peninsular...

Bibliografia

2017
Sistema Solar
2012
Nabu Press
2012
Nabu Press
2012
Nabu Press
2012
Nabu Press
2011
Nabu Press

Características

As Amantes de Dom João V de Alberto Pimentel

Ano de edição ou reimpressão: 2017

Editor: Sistema Solar

Idioma: Português

Dimensões: 145 x 203 x 9 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 224


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Biografias


As Amantes de Dom João V
 

Do mesmo autor

Memoria Sobre A Poesia Popular Portugueza Nos Acontecimentos Politicos...
Alberto Pimentel 
Romance Historico...
Alberto Pimentel 
Scenas Da Guerra Peninsular...
Alberto Pimentel 

Veja outros titulos do tema

Joaquim Vieira 
Memórias 1943-1976 (Edição revista e aumentada)
Maria Filomena Mónica 
José Salgueiro 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal