Archeologia Ad Usum Animae - Ruy Cinatti
Edição/reimpressão:
2000
Páginas:
176
Editor:
Editorial Presença
ISBN:
9789722326698
Coleção:
Idioma:
Português
10%
€8,81
Ganhe €0,88
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

De Ruy Cinatti (1915-1986) chega-nos um novo inédito "Archeologia ad usum Animae" (Arqueologia para uso da Alma"), organizado por Peter Stilwell, com posfácio de Jorge Fazenda Lourenço. Este livro dá-nos a ler Ruy Cinatti em plena maturidade poética, e pode dizer-se que se trata de um dos melhores livros do autor, numa afirmação da vida e da procura espiritual, que sempre acompanharam o autor "Paisagens Timorenses com Vultos". Uma peregrinação interior à procura de "indícios sincopados de Deus vivo", que o libertasse da angústia: "Uma saída .../ Porque de contrário vivo no inferno. (...) Mas como abrir / a porta secreta do lado de lá?" (como já antes dele José Régio também "pedira" a Deus que lhe desse um sinal que o livrasse da angústia da sua "crença não crente"). Mas, ao contrário do poeta da "Presença", que "funcionava" mais com a razão, a voz de Cinatti vem do coração, numa entrega absoluta ao amor, à amizade ("É bom gostar das pessoas. /É bom ter-lhes afeição./ Mesmo quando criaturas / mascaradas de razão").

"Há poetas cuja obra parece ganhar com o tempo um alcance cada vez maior, surpreendendo-nos e impedindo as apressadas cristalizações interpretativas que tendem a catalogar os autores e a arrumá-los em meia dúzia de ideias feitas segundo a época, as influências, as correntes literárias, etc.. "Catorze anos após a sua morte, é esse o caso de Ruy Cinatti (1915-1986). Depois da edição da "Obra Poética" em 1992, pela imprensa Nacional (esgotada), têm vindo a surgir alguns inéditos: "Corpo-Alma" (1994), "Tempo da Cidade" (1996) "Um Cancioneiro para Timor" (1996) e agora esta "Archeologia ad usum Animae" (Arqueologia para uso da Alma"), com a qual fica mais completo o percurso poético de um homem para quem a vida, com todas as suas contradições, se situou infinitamente acima do pequeno mundo da literatura." Fernando Pinto do Amaral, Público-Leituras, 28/10/00
Archeologia Ad Usum Animae de Ruy Cinatti

comentários

Coloque aqui o seu comentário - Archeologia Ad Usum Animae
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Ruy Cinatti nasceu em Londres, a 8 de Março de 1915. Em criança veio para Lisboa e formou-se em Agronomia. Foi metereologista, secretário do Governador de Timor, chefe dos serviços agronómicos no mesmo território e investigador da Junta de Investigação do Ultramar. Doutorou-se em 1961 na Universidade de Oxford, em Antropologia Social e Etnografia.
Foi cofundador, em 1940, de Os Cadernos de Poesia, e em 1942 da revista Aventura. Recebeu diversos prémios pela sua obra poética, entre eles o Prémio Nacional de Poesia, em 1968. Faleceu em Lisboa, a 12 de outubro de (...)

Bibliografia

2016
Assírio & Alvim
2007
Relógio D'Água
2000
Editorial Presença
2000
Editorial Presença
1996
Editorial Presença
1994
Editorial Presença
1992
Relógio D'Água

Características

Archeologia Ad Usum Animae de Ruy Cinatti

Ano de edição ou reimpressão: 2000

Editor: Editorial Presença

Idioma: Português

Dimensões: 115 x 186 x 8 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 176

Coleção: Colecção Forma


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Literatura > Poesia


Archeologia Ad Usum Animae
 

Do mesmo autor

Ruy Cinatti 

Veja outros titulos do tema

Eugénio de Andrade 
José de Almada Negreiros 
Gastão Cruz 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal