A Televisão e a Instituição Escolar - Manuel João Vaz Freixo
Os Efeitos Cognitivos das Mensagens Televisivas e a sua Importância na Aprendizagem
Edição/reimpressão:
2003
Páginas:
570
Editor:
Instituto Piaget
ISBN:
9789727715589
Idioma:
Português
10%
€23,09
Ganhe €2,31
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

(...) a era digital e a pós-televisão têm no horizonte um novo modelo de comunicação audiovisual que, muito provavelmente, entrará em nossas casas sem nos termos dado conta das impurezas do «velho» meio generalista, analógico e de certo modo «autista». Trabalhos como o de Manuel João Vaz Freixo contribuirão grandemente para superarmos essa linha do desconhecido e nos abalançarmos a melhor enquadrar e pensar essa nova era do audiovisual, que é, sem dúvida, uma era de convergência de tecnologias e de discursividades, mais complexa no seu dispositivo do que a própria televisão o é. Consciente destas realidades e desta analítica, esta obra (...) sobre a utilização da televisão no contexto educativo — intitulado significativamente A Televisão e a Instituição Escolar - os Efeitos Cognitivos das Mensagens Televisivas e a sua Importância na Aprendizagem, para além de uma preocupação teórica e epistemológica, tem também um objectivo empírico extremamente claro, facto que é de assinalar, muito em particular no contexto de uma dissertação de doutoramento num domínio emergente como o das ciências da comunicação. Nela se procura pensar, num primeiro momento, as diferentes contribuições provenientes do âmbito da sociologia, da teoria da comunicação audiovisual e da teoria da televisão, no fundo, da epistemologia da comunicação aplicada ao estudo de caso aqui em presença. E desde logo, no que concerne às práticas, discursos e modelos televisivos, construindo um método analítico que problematiza os novos ambientes e dispositivos logotécnicos, performativos e instrumentais, de enorme complexidade, criados pela «máquina» televisiva nessa interacção com o campo da educação e pelos seus processos de enunciação do real. Num segundo momento, definindo as suas opções metodológicas, aplicando no terreno os seus princípios e procedimentos e apresentando os resultados do estudo empírico.
Faz-se também neste trabalho o aprofundamento da reflexão entre o campo educativo e o campo de comunicação, analisando-se os dispositivos de interacção mútua, designadamente a partir da noção de agenda temática, definindo os efeitos cognitivos como construção social da realidade. É, aliás, através do trabalho analítico, «arqueológico», dos contextos, discursos, modos de recepção e condições de produção de um sentido que se chega à descrição intrínseca do dispositivo e dos seus efeitos. A analítica do contexto específico das estratégias públicas e privadas — isto é, dos modelos televisivos e em especial das atribuições e competências do serviço público de televisão, também claramente enunciados no âmbito da defesa da dissertação, o permitem conceptualizar o modelo proposto neste trabalho sobretudo no que se refere ao domínio do «interface» televisivo como meio privilegiado na aquisição de valores, modelos e normas de conduta.
Finalmente, perspectivando-se a relevância deste trabalho no novo contexto da pós-televisão — pensando já no multimédia interactivo —, há que extrair desta reflexão algumas das questões centrais no âmbito do dispositivo, onde se trabalham tópicos inclusivamente para uma crítica do modelo tradicional de recepção, ou sobre o modo de produção da «grelha» televisiva e dos seus segmentos, fazendo incidir a análise nos seus efeitos designadamente no público infanto-juvenil. Sem dúvida que a reflexão sobre a nova «socialização» comunicacional, gerida numa outra autonomia face aos media interactivos, não poderá esquecer a analítica do modelo analógico, que é, enfim, aquele que ainda vai dominando os processos produtivos das novas linguagens interactivas, reflexão que tem, já, neste trabalho de Manuel João Vaz Freixo, um estudo de referência na bibliografia portuguesa da área das ciências da comunicação.

A Televisão e a Instituição Escolar de Manuel João Vaz Freixo

comentários

Coloque aqui o seu comentário - A Televisão e a Instituição Escolar
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Manuel Vaz Freixo, doutor em Ciências da Comunicação na especialidade de Comunicação e Linguagens pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, mestre em Comunicação Educacional Multimédia e pós-graduado em Direito da Comunicação pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Foi professor do ensino básico (2.º ciclo) e, vai para 15 anos, professor no ensino superior na área das Ciências da Comunicação. Ex-deputado da Assembleia da República integrando a Comissão de Educação Ciência e Cultura, tendo feito parte da subcomissão que elaborou a Lei de Bases do Sistema Educativo. Presentemente exerce funções como docente e investigador no Instituto Piaget, a cujos quadros

(...)
Fundamentos, métodos e técnicas (4ª Edição)
Os Efeitos Cognitivos das Mensagens Televisivas e a sua Importância na Aprendizagem

Bibliografia

2013
Instituto Piaget
2013
Instituto Piaget

Características

A Televisão e a Instituição Escolar de Manuel João Vaz Freixo

Ano de edição ou reimpressão: 2003

Editor: Instituto Piaget

Idioma: Português

Dimensões: 158 x 232 x 40 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 570

Coleção: Epistemologia e Sociedade


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Ciências Sociais e Humanas > Comunicação e Jornalismo


A Televisão e a Instituição Escolar
 

Do mesmo autor

(3ª Edição)
Manuel João Vaz Freixo 
Fundamentos, métodos e técnicas (4ª Edição)
Manuel João Vaz Freixo 

Veja outros titulos do tema

Ferramentas para dominar qualquer conversação nos momentos decisivos
Joseph Grenny 
Uma década de jornalismo cultural na imprensa em Portugal
Carla Baptista 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal