A Cerâmica Comum das Villae Romanas de São Cucufate (Beja) - Inês Vaz Pinto
Edição/reimpressão:
2003
Páginas:
704
Editor:
Universidade Lusíada Editora
ISBN:
9789728397265
Coleção:
Idioma:
Português
10%
€40,39
Ganhe €4,04
Esgotado ou não disponível.
ALERTA - avisar-me por e-mail quando novamente disponível
 

Sinopse

A cerâmica comum foi sempre a parente pobre da grande família das cerâmicas romanas. Apesar de ser a mais abundante nos sítios de habitação, e aquela que preenchia as necessidades quotidianas de recipientes na cozinha, na despensa, à mesa, tem sido pouco aproveitada e pouco estudada. Esta tese surgiu da convicção de que a cerâmica comum tem um potencial de informação em larga medida inexplorado, e a capacidade de dar preciosas informações sobre a vida económica e social da região onde foi utilizada. O material escolhido foi o da villa romana de São Cucufate (Beja), ou seja, toda a cerâmica comum recuperada pelas escavações luso-francesas nas três villae que do século I d.C. até ao século V foram construídas e remodeladas umas sobre as outras.
A metodologia baseou-se na elaboração de tipologias independentes de fabricos e de formas, na quantificação de todo o material classificável, e na sua relação com seis horizontes cronológicos de ocupação da villa. Para enquadrar as formas, definiram-se categorias morfológico-funcionais, tipos, formas e variantes. O estudo das pastas, feito pela geóloga Anne Schmitt (Unité Mixte de Recherche 5138 - Archéométrie et Archéologie, Lyon), definiu 12 grupos petrográficos, alguns deles com vários tipos de fabrico.
O confronto da caracterização dos fabricos com a geologia da região permitiu distinguir produções regionais, de regiões próximas, como os vales do Sado e do Tejo, e de regiões distantes como a Bética e o Norte de África. Destaca-se a enorme importância das produções regionais, que sugere a total auto-suficiência da região relativamente a todos os tipos de recipientes necessários ao dia a dia, e um relativo desinteresse por outras cerâmicas vindas de fora e de maior qualidade técnica, como a cerâmica caulinítica e a cerâmica comum africana, a que não será alheia a interioridade geográfica de São Cucufate. O facto das produções regionais serem maioritariamente feitas com argilas que não existem nos arredores de São Cucufate mas a sul e a sudoeste, na zona dos gabros de Beja, bem como a presença dos mesmos tipos de cerâmica noutras estações do território de Beja, revela o dinamismo da economia de mercado regional.
As formas e os tipos de recipientes de São Cucufate revelam ainda uma romanização profunda, com a presença firme do prato raso, do almofariz, do alguidar e da bilha, que não existem no repertório pré-romano, e são indicadores de uma cultura alimentar e hábitos de mesa tipicamente romanos. Por outro lado, as proporções da loiça de cozinha revelam que a panela, típica da alimentação tradicional à base de sopas, papas de cereais e alimentos cozidos em água abundante, é sempre maioritária e vai aumentando com o tempo. Os pratos, que reflectem uma alimentação mais evoluída e rica em alimentos sólidos, representam um quarto da loiça de cozinha até meados do século II e depois decrescem. Constata-se um progressivo retorno a uma alimentação mais tradicional, embora os hábitos romanos se mantenham presentes pelo menos até meados do século V.
A Cerâmica Comum das Villae Romanas de São Cucufate (Beja) de Inês Vaz Pinto

comentários

Coloque aqui o seu comentário - A Cerâmica Comum das Villae Romanas de São Cucufate (Beja)
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Características

A Cerâmica Comum das Villae Romanas de São Cucufate (Beja) de Inês Vaz Pinto

Ano de edição ou reimpressão: 2003

Editor: Universidade Lusíada Editora

Idioma: Português

Dimensões: 206 x 297 x 34 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 704

Coleção: Teses


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Arte > Cerâmica

Livros Universitários
Arquitetura, Design e Artes > Artes Plásticas


A Cerâmica Comum das Villae Romanas de São Cucufate (Beja)
 
" />

Do mesmo autor

Veja outros titulos do tema

Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal