Oficina Feminista | Correio íntimo nas revistas femininas (1940 a 1960)

Oficina Feminista (online) | Correio íntimo nas revistas femininas (1940 a 1960): Um olhar sobre a mulher ideal no Estado Novo
Com Lúcia Vicente

 

Nesta oficina faremos uma breve viagem pela intimidade feminina das jovens portuguesas que cresceram nas décadas de 1940 a 1960. Que paralelismos existem entre as narrativas das revistas femininas e a normativa da Mocidade Portuguesa Feminina? O que se esperava do comportamento afetivo das jovens esposas de Portugal? E como se deviam vestir? Esta normativa será para todas as mulheres? Que organizações femininas existem?

 

Programa:

  • Condição da mulher em Portugal no regime do Estado Novo
    • Direitos
    • Deveres
    • Principais leis
  • Principais organizações femininas no Estado Novo
  • Obra das Mães pela Educação Nacional
  • A Mocidade Portuguesa Feminina
  • Normativa de género no Estado Novo
  • O que se espera de uma mulher neste período ?
  • E as feministas? O que andam a fazer?
  • Ela é apenas mulher de Maria Archer: um retrato real de Lisboa dos anos de 1940
  • Revistas femininas em Portugal nas décadas de 1940 a 1960:
  • «Modas e Bordados»
  • «Seleções Femininas»
  • «Cine Romance»
  • «Menina e Moça»
  • O que perguntam as correspondentes:
  • Como devo reagir?
  • Devo ceder aos avanços do meu namorado?
  • O que faço com o ciúme?
  • Será isto desonesto? Estou à beira do abismo moral?
  • Que conclusões podemos tirar destes correios sentimentais?
  • As normativas de género são reforçadas?
  • Bibliografia geral do curso 
  • Considerações finais e debate


Sobre a formadora:

Lúcia Vicente nasceu em outubro de 1979, à beira da Ria Formosa, em Faro, numa família cheia de mulheres. Foi a primeira desse núcleo a concluir uma licenciatura. Cedo se questionou sobre o papel da mulher na sociedade e por que razão os livros de História nunca mencionavam mulheres. 


Datas: 24 e 25 de janeiro, das 19h30 às 21h30
Participação: 35,00€
Inscrições: bit.ly/oficina-correio

ONLINE