Curso | A bruxa e o sagrado feminino

25/05/2021 às 11h00

Curso | A bruxa e o sagrado feminino
Com Lúcia Vicente

 

Neste curso pretende-se dar uma visão geral sobre a figura da bruxa ao longo da História da Humanidade e como esta figura afetou o relacionamento entre as mulheres e o sagrado feminino. Quem eram as bruxas? E porque foram perseguidas? O que é isto do sagrado feminino?  Estas e outras perguntas serão respondidas neste curso aberto a todas as pessoas interessadas em compreender os movimentos feministas em Portugal.

 

PROGRAMA:

  • O que é o sagrado feminino e que imagem temos das bruxas no século XXI

  • O sagrado feminino na Antiguidade

    • O poder feminino do Antigo Egito e Mesopotâmia

      • A mão do Deus

      • Isis, a deusa da magia e do conhecimento

      • Hathor, a deusa do amor, beleza, música, maternidade e alegria

      • Amonet, a deusa do oculto e do poder

      • Ishtar, a deusa da feminilidade, do amor e do sexo

    • As bruxas da antiguidade clássica

      • Circe e Medeia

      • Mulheres perigosas, colocadas à margem da sociedade e que desfiam os protagonistas masculinos

    • O paganismo Europeu e as feiteiras

  • A caça às bruxas

    • As bruxas como resistentes contra o poder clerical e a nobreza

    • Caça às bruxas e a revolta de classes

    • Morgana e as lendas do Rei Artur

    • A demonização da mulher e do misticismo

  • A bruxa-médica

    • Como o conhecimento feminino assustou o patriarcado

    • A bruxa-médica como empoderamento da mulher

    • O corpo feminino e a culpa

    • O controle patriarcal do corpo feminino

  • A romantização e a ressurreição da figura da bruxa no século XIX

    • Feminismo e esoterismo no final do século XIX e primeira metade do século XX

  • A figura da bruxa na literatura infantil

    • A má da fita: bruxa como personificação dos defeitos femininos

    • A bruxa nos contos de fadas: a normalização da inimizade e inveja femininas

    • Que normativas narrativas nos oferece a literatura infantil tradicional?

    • Quais as suas consequências para a normativa de género atual?

    • A Bruxa Mimi e uma nova forma de ver a bruxa na literatura infantil da atualidade

  • A neo-bruxa: somos as netas das bruxas que vocês não conseguiram queimar

    • Os novos movimentos da descoberta do sagrado feminino

    • O movimento Wicca e os covens

    • As bruxas do instagram

    • Considerações sobre estes movimentos

  • Calibã e a Bruxa de Silvia Federici

    • O que nos ensina Silvia Federici sobre a figura da Bruxa, da mulher e as diferentes épocas históricas

  • Bibliografia geral do curso

  • Considerações finais e debate

 


 

Datas: 25 e 26 de maio, das 11:00 às 13:00 (turma 1) OU das 21:00 às 23:00 (turma 2)
Participação: 45,00 €
Inscrição: bit.ly/curso-sagrado-feminino

ONLINE