Bertrand.pt - Antigamente Era Melhor

Antigamente Era Melhor (eBook)

de Thiago Lia Fook 

idioma: Português do Brasil
Editor: Editora Moinhos
Edição ou reimpressão: maio de 2019
10%
3,99€
Poupe 0,40€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Disponibilidade Imediata
Ebook para ADE

Este livro revela um novo Thiago Lia Fook. Para quem conheceu o poeta de poesia natimorta e versos sobreviventes (2010), subversos (2016) e logorréia (2017), chegou a hora de puxar um banquinho e ouvir umas histórias. Antigamente era melhor chega atiçando a brasa da prosa, porque é isso o que o autor comete – a boa prosa – dando um presente aos seus leitores de antes e depois.Se poesia é linguagem, o poeta ensinou isso ao prosador. Neste livro, a linguagem pulsa na pesquisa dos falares, nas expressões reeditadas e nos afetos expressos em trejeitos dos personagens, o que nos aproxima tão intensamente do texto que é possível sentir o cheiro do café ou da naftalina e o vento do alpendre soprando no rosto. O retrato é realista – e isso pode promover tanto a identificação quanto a repulsa do leitor.Contador de casos, Lia Fook traz a marca da imigração no sobrenome, mas trata é da Paraíba – seus lugares, sua gente, sua cultura. E não fica no pitoresco nem se prende ao passado, como seus personagens, que lamentam poderes perdidos. Estes servem como pretexto para tratar do humano, o que o autor faz invocando do contemporâneo ao canônico. Alguém viu Valesca Popozuda em Triunfo? Ou Machado de Assis em Tchau, querido?O retrato é realista, mas a prosa é de ficção. Autor e leitor precisam firmar este acordo sobre a obra para fechar o triângulo mágico. Aqui, Manoel de Barros nos salva cantando que "Noventa por cento do que escrevo é invenção / só dez por cento é mentira". E Ariano Suassuna, que se autodeclarava "mentiroso" ao contar suas histórias, lembra a todos que é de licença poética que vive a literatura.Se a carapuça estiver em cima da mesa ao fim de um conto, ela fala mais do leitor que do autor. Thiago Lia Fook escreve sobre tudo e todos sem pudores de revelar inconveniências ou fazer contraponto. Os personagens se deixam ver nus e crus, mas o autor os entrelaça com leveza e bom humor para narrar alguns dos temas mais controversos da convivência humana. O texto chega a fazer cócegas por dentro do cérebro do leitor.E assim aparecem os conflitos da classe média de algumas cidades da Paraíba, que poderiam ser qualquer recanto do Brasil profundo. Nisso, aproxima-se de Machado, de quem podemos perceber releituras não apenas no já citado Tchau, querido, mas também em Medalhinha milagrosa, onde o pai está morto e é a mãe quem passa lições inconfundivelmente brasileiras de como dar um jeitinho entre o público e o privado, com um toque de fé.Outro aspecto do livro merece destaque: ele é uma celebração da arte de contar histórias, à medida que investiga as formas por meios das quais isso se dá na vida real. O sonho do pardal soa como uma fábula ao avesso ou um exercício de autoanálise. A Sua Excelência o Juiz é a petição de um advogado, Boletim de ocorrência poderia ter saído das páginas de um inquérito policial, A revolução de 89 é uma entrevista, e por aí vai.Aliás, basta pensar em Assombração, o conto que abre a coletânea. Noite de apagão, celulares descarregados. Que fazem os personagens? Como nas antigas, propõe Márcia, sentam-se em torno do fogo e contam histórias em meio aos sons fantasmagóricos da escuridão. E isso mostra que, se os personagens falam de violências e injustiças antigas de que se beneficiavam, o autor injeta estilhaços linguísticos neste "antigamente".Enfim, para começar sua leitura, tenha por perto um disco brega na vitrola. Pode até ser música que fale do amor entre o filho e sua mãezinha protetora, ou a novíssima Alô, porteiro. Em um mundo louco e injusto, habitado por pobres diabos, os desejos mais absurdos encontram sublimação até mesmo em um inocente jogo de tabuleiro. E tudo isso merece boa trilha sonora. Vamos ouvir umas histórias?Nara Limeira Santos

Antigamente Era Melhor
de Thiago Lia Fook 
ISBN: 9788545557784 Ano de edição ou reimpressão: 05-2019 Editor: Editora Moinhos Idioma: Português do Brasil Páginas: 96 Tipo de Produto: eBook Formato: ePUB i Classificação Temática: eBooks  >  eBooks em Português  >  Literatura  >  Ficção

Sugestões

Os Manuscritos De Mileto
10%
10% Cartão Leitor Bertrand
4,49€
Simplíssimo
Nos Sapatos De Valéria (Série Valéria 1)
10%
10% Cartão Leitor Bertrand
6,99€
Penguin Random House Grupo Editorial Portugal
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.