E o Nobel da Literatura 2020 vai para ...

Por: Bertrand Livreiros a 2020-10-08 // Coordenação Editorial: Marisa Sousa

10%

It Is Daylight
16,77€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Faithful And Virtuous Night
11,92€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Averno
11,92€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Green Squall
19,16€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

Últimos artigos publicados

130 anos de Álvaro de Campos, o poeta futurista e fingidor

Comemoramos hoje, dia 15 de outubro, 130 anos desde o nascimento de Álvaro de Campos em Fernando Pessoa, recordando o momento em que o heterónimo lhe surgiu pela primeira vez e um dos seus poemas mais célebres, "Aniversário".

3 filmes baseados em livros para assistir esta semana

Se os dias de outono convidam à leitura, convidam também às pipocas e às sessões de cinema no sofá. Esta semana, convidamo-lo a juntar os dois mundos e a assistir a três filmes inspirados em livros, sem deixar o conforto da sua casa.

5 piadas de Jerry Seinfeld para animar a sua semana

Embora seja mais conhecido por ter protagonizado e co-criado Seinfeld - a famosa "sitcom sobre nada", Jerry Seinfeld é um dos comediantes de stand-up mais aclamados da sua geração. Desde que fez a sua primeira atuação, no lendário clube noturno nova-iorquino de stand-up Catch a Rising Star, com apenas 21 anos, escreveu sempre o seu próprio material, tendo guardado todas as anotações numa pasta antiga de fole que preserva até hoje. Depois de o seu primeiro livro, Linguagem Seinfeld ter-se tornado um bestseller do New York Times e um dos livros mais vendidos da década de 1990, Seinfeld publica agora Isto tem piada? - uma compilação das suas melhores piadas, organizadas por décadas. Explica o comediante: "Sempre que me ocorria alguma coisa engraçada, fosse no palco, numa conversa ou no grande bloco de notas amarelo que era a minha tela favorita, guardava tudo numa daquelas pastas antigas de fole. (...) É por isso que ainda tenho tudo o que pensei que valeria a pena guardar ao longo de 45 anos.

Depois de um interregno de um ano, devido a escândalos que abalaram a Academia Sueca em 2018, em 2019 foram atribuídos simultaneamente os Prémios Nobel da Literatura de 2018 e 2019, a Olga Tokarczuk e Peter Handke, respetivamente.

Em 2020, um ano que ficará na memória e na História da humanidade, o Nobel da Literatura foi atribuído à poeta e ensaísta norte-americana Louise Glück, pela sua "inconfundível voz poética que, com austera beleza, torna universal a existência individual."


Como foi escolhido o Nobel?

A 1 de setembro de 2019, o Comité do Nobel enviou os formulários de nomeação para as centenas de organizações e indivíduos que estão qualificados para apresentar nomeados para o Prémio Nobel da Literatura. Estes tiveram até dia 31 de janeiro de 2020 para apresentarem os seus nomeados. 

Da lista inicial de 200 candidatos, de acordo com o jornal El País, constavam nomes como Mircea Cartarescu (Roménia), László Krasznahorkai (Hungria), Nina Bouraoui (França), Sofi Oksanen (Finlândia), Jon Fosse (Noruega), Liudmila Ulítskaia (Rússia), Ngugi wa Thiong’o (Quénia), Maryse Condé (Guadalupe) e David Grossman (Israel). Das listas dos editores e críticos literários, constavam, ainda, nomes como Adonis (já habitual), Thomas Pynchon, Joyce Carol Oates, Richar Ford, Pascal Quignard, Pierre Michon, Annie Ernaux, Milan Kundera, Anne Carson, Gerald Murname, Julian Barnes, Hilary Mantel ou Ian McEwan. Da lista global, o Comité selecionou 15 a 20 nomes, que submeteu, em meados de abril, à consideração da Academia Sueca e, em maio, a lista foi reduzida a cinco candidatos.

Hoje, dia 8 de outubro, foi anunciada a sua atribuição à norte-americana Louise Glück, pela sua "inconfundível voz poética que, com austera beleza, torna universal a existência individual."

 

 

Quais eram os autores apontados como favoritos?


De acordo com o El País, havia uma grande probabilidade de a escolha recair sobre um autor africano, o que acabou por não se verificar, tendo destacado entre os favoritos os autores Ngugi wa Thiong’o, Nuruddin Farah e Chimamanda Ngozi Adichie.

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.