Pedro Barroso

Pedro Barroso

Biografia

É músico, autor e compositor. Inicia, com dez anos, estudos musicais na Fundação Musical dos Amigos das Crianças. Estreia-se muito jovem no teatro radiofónico, com Odette de Saint-Maurice, na Emissora Nacional, e como cantautor no célebre programa Zip-Zip em 1969. Grava o 1.º disco Trova-dor e, logo de seguida, integrará alguns anos o Teatro Experimental de Cascais, sob a direcção de Carlos Avilez.

Licenciado em Educação Fisíca, estudou Psicoterapia Comportamental. Leccionou no Ensino Secundário durante mais de vinte anos. Nesse tempo participou em inúmeros Cantos livres e Sessões de baladas, integrando a geração de cantores que se opuseram à Ditadura e lutaram pelas liberdades democráticas, antes do 25 de Abril. Colaborou, depois, intensamente nas campanhas de Dinamização Cultural do MFA, actuando por todo o País e visitando várias Comunidades. Nessa convivência surgiu o inevitável contacto e amizade com Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira e outros históricos autores da Resistência, em inúmeras noites de actuação conjunta. Numa fase mais popular, compôs êxitos de grande sucesso. Aprofundou, entrento, estudos da Música, Canto e Composição com vários professores.

Costuma escrever, orquestrar e dirigir os seus próprios trabalhos. Editou com regularidade uma obra nusical dispersa por várias editoras. Actuou em quase todas as grandes salas portuguesas e por tantas outras em todo o país. Cidadão do Mundo, foi convidado e actuou em diversos países; Alemanha, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Croácia, EUA, Espanha, França, Holanda, Hungria, Luxemburgo, Suíça e Suécia, em alguns deles, também na TV. Deu palestras nas Universidades Clássica e Católica de Lisboa, Nijmegen, Estocolmo, Toronto e Budapeste. Fala fluentemente espanhol, italiano, alemão, inglês, francês, português e... minderico. Recebeu vários diplomas de mérito, menções honrosas e prémios, nacionais e estrangeiros. em 1994 actuou no Luxemburgo, no âmbito do Ano Europeu da Cultura, e foi ainda agraciado pela Casa do Ribatejo com o título de Ribatejano Ilustre.

Com a atribuição, em 1998, do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago, torna-se num dos muito poucos autores que com ele compartilha obra editada. Escreveu, em 2002, o polémico "Manifesto sobre o estado da Música Portuguesa" que culminaria numa nova Lei da Música Portuguesa para a rádio. a par com uma fecunda discografia como autor e compositor (cerca de 30 discos editados, entre Ep's, Singles, LP's, CD's, Antologias várias e discos colectivos), tem publicado também poesia e acção.

Foi homenageado em 2008, na Gala Vozes de Abril, promovida pela Associação 25 Abril no Coliseu de Lisboa, por ter integrado historicamente o grupo dos que "muitas vezes em condições difíceis, deram o seu contributo artístico e cultural e ajudaram a criar condições para que a Liberdade fosse conquistada". Enfrentando grave condição de saúde, isso não o impediu de, ainda recentemente, em 2017, esgotar grandes salas, como o Tivoli em Lisboa e o Coliseu do Porto, publicar o CD Artes do Futuro, recebido com grande apreço da crítica e ainda receber a Medalha de Honra da SPA – Sociedade Portuguesa de Autores, pelo seu exemplo de vida e obra.
partilhar

bibliografia

Diários da Brevidade
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,00€
Âncora Editora
Palavras Mal Ditas
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,00€
Lua de Marfim
Memória Inútil de Mim
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,00€
Lua de Marfim
Contos Anarquistas
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
10,10€
Temas Originais
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.