A Chama Imensa - Ricardo Araújo Pereira
Edição/reimpressão:
2010
Páginas:
296
Editor:
Tinta da China
ISBN:
9789896710620
Idioma:
Português
10%
€15,90
Ganhe €1,59
Em stock - Envio imediato
 

Sinopse

Depois de ter saído d’A Bola, RAP publica em livro as suas melhores crónicas de futebol. Não perca o humor implacável de RAP e as acesas polémicas com outros cronistas.
A Chama Imensa de Ricardo Araújo Pereira
Excerto
«Eu digo-vos qual é o principal problema de ser do Benfica: é muito difícil ser grande. Dá muito trabalho ser um colosso. Um gigante está sempre tramado: se ganha, é um acaso normal a que ninguém liga; se perde, é uma catástrofe que todos assinalam. O leitor lembra-se da história de David e Golias? Vá lá buscar a Bíblia, que eu espero. Veja aí, no Livro de Samuel, se eu não tenho razão para simpatizar mais com o gigante do que com o pastor. Golias era um gigante fabuloso, imbatível. Ganhou, de certeza, inúmeros combates antes do que aí vem descrito. Que se saiba, só perdeu um. Pois é exactamente esse que vai parar ao maior best-seller de todos os tempos. Azar, não? Hoje percebemos que a luta era desigual e injusta para Golias. O maior adversário era o dele. Golias lutava contra o seu próprio medo (que, por ser o medo de um gigante, é igualmente gigante) e contra a História. David combatia apenas um simples gigante.
Com o Benfica sucede o mesmo. Num jogo como o de ontem, contra a Naval, é o Benfica que parte em desvantagem. Está a lutar contra a memória, contra o futuro, contra a própria Derrota, com "D" grande — e contra 11 sacanas vestidos de verde, que isto não pode ser só poesia. Quem é mais forte? Toda a História ou um pobre gigante indefeso? Eu, como tendo a ficar do lado dos mais fracos, nestes casos torço sempre pelo gigante. Para mim, ser do Benfica é um imperativo ético.»

comentários

Coloque aqui o seu comentário - A Chama Imensa
Nome:
Título do comentário
Comentário
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

Autor


Ricardo Araújo Pereira nasceu em Lisboa, em 1974. Licenciado em Comunicação Social pela Universidade Católica, começou a sua carreira como jornalista no Jornal de Letras.
É guionista desde 1998. Em 2003, com Miguel Góis, Zé Diogo Quintela e Tiago Dores, formou o grupo humorístico Gato Fedorento. Escreve semanalmente na revista Visão e é um dos elementos do programa da TSF Governo Sombra. Assinou, em 2012, a rubrica Mixórdia de Temáticas, na Rádio Comercial. Com a Tinta-da-china, publicou quatro livros de crónicas — Boca do Inferno (2007), Novas Crónicas da Boca do Inferno (2009), A Chama Imensa (2010) e Mixórdia de Temática (2012) —, para além de Se não entenderes eu conto de novo, pá (Brasil, 2012). Coordena a Colecção de Clássicos de Literatura de Humor, que integra autores como Charles (...)

Características

A Chama Imensa de Ricardo Araújo Pereira

Ano de edição ou reimpressão: 2010

Editor: Tinta da China

Idioma: Português

Dimensões: 140 x 211 x 24 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 296


Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática:

Livros em Português
Desporto e Lazer > Futebol


A Chama Imensa
 

Do mesmo autor

Uma espécie de manual de escrita humorística
Ricardo Araújo Pereira 
Ricardo Araújo Pereira 
Ricardo Araújo Pereira 

Veja outros titulos do tema

Susana Rodrigues Torres 
As histórias mais insólitas do futebol português
Rui Miguel Tovar 
As ideias, o modelo de jogo, morfociclo padrão
Pedro Mendonça 
Preços, descontos e ofertas válidos apenas online
|   Condições gerais de venda   |   Compras 100% seguras   |   Política de Privacidade   |   Ajuda    |   Recrutamento   |
©2013 Grupo Bertrand Círculo. Todos os direitos reservados, Lisboa, Portugal